Menu Papel POP

Quentin Tarantino quase dirigiu “O Senhor dos Anéis” (que quase foi um filme só!)

Mas você imagina se Senhor dos Anéis fosse um filme só e, muito mais importante, dirigido por Quentin Tarantino? SAIBA QUE QUASE ACONTECEU, VIU?! :D

No livro “Anything You Can Imagine: Peter Jackson and the Making of Middle-Earth” (que, numa tradução livre, seria algo como “Tudo o que você puder imaginar: Peter Jackson e o making of da Terra-Média”), o escritor Ian Nathan revelou que Harvey Weinstein ameaçou demitir o diretor neozelandês se ele continuasse com a ideia de fazer múltiplos filmes.

De acordo com o site Stuff, um produtor chamado por Weinstein pra ajudar no filme disse ao escritor que “Harvey tava tipo ‘ou você faz isso, ou não. Você tá fora’. E eu tava com Quentin pronto pra dirigir”.

Segundo o livro, pra tudo caber num filme só, coisas como o Abismo de Helm seriam cortadas, Eowyn substituiria Faramir como a irmã de Boromir, o Balrog não existiria e até mesmo a treta com o Saruman poderia ser tirada. “Estava garantido que literalmente decepcionaria todo mundo que tinha lido os livros”, disse Peter Jackson.

Depois, Weistein acabou vendendo os direitos de adaptação para a New Line Cinema e o resto é história.

OLHA, loooonge de mim querer que Senhor dos Anéis tivesse virado um filme só… Mas que O Hobbit podia ter sido podia, né? :X

Comentários

Topo