Menu Papel POP

Rubens Ewald Filho pode não ser mais comentarista do Oscar na TNT depois de fala transfóbica

Durante a transmissão do Oscar na TNT no último domingo (4), o jornalista e comentarista Rubens Ewald Filho fez um comentário transfóbico sobre a atriz Daniela Vega, protagonista do filme “Uma Mulher Fantástica”, que ganhou a estatueta de melhor filme estrangeiro neste ano.

Ao vivo, Ewald Filho disse: “Essa moça, na verdade, é um rapaz”. O comentário causou uma forte reação do público, que repudiou a fala dele através de muitos comentários na internet.

O canal se manifestou oficialmente através de um comunicado enviado ao site da revista Veja, e também se posicionou contra o comentário transfóbico de Rubens Ewald Filho, que pode não retornar como comentarista da emissora.

“A TNT repudia toda ação e/ou manifestação preconceituosa de qualquer natureza. A marca valoriza, incentiva a respeita a inclusão, a diversidade em todas suas iniciativas para levar o melhor conteúdo e entretenimento para seus fãs”, diz o comunicado.

O texto deixou em aberto o futuro do comentarista nas próximas transmissões do Oscar. “Alinhado a esse propósito, a direção da TNT já conversou com o comentarista Rubens Ewald Filho para evitar que episódios como os comentários feitos durante a transmissão do Oscar no último domingo se repitam, e decidirá nas, próximas semanas, o futuro de sua participação nas transmissões e conteúdos digitais da marca.”

No final do comunicado, o comentarista pede desculpas pela fala. “Rubens Ewald Filho é um dos mais respeitados e conceituados críticos de cinema do país, e há anos leva informação, conhecimento e sua paixão na cobertura das premiações pela TNT. Rubens se desculpa pelos termos que possam ter ofendido ou provocado mal-estar. Em nenhum momento houve a intenção de endossar qualquer posicionamento preconceituoso.”

Comentários

Topo