Menu Papel POP

Chance the Rapper critica comercial racista da Heineken; empresa cancela campanha

Chance the Rapper, que se apresentou sexta-feira passada no Lollapalooza Brasil, foi ao Twitter criticar um comercial da Heineken de cunho racista.

O vídeo mostra um bartender deslizando uma garrafa de cerveja Heineken Light, que passa por três pessoas negras, em direção a uma mulher branca. A mensagem que aparece em seguida é: “Sometimes, lighter is better.” No caso, o “lighter” da cerveja pode significar “mais leve” e também “mais clara”. Aí é que está o problema.

Ai… não tinha uma pessoa para avisar que ia dar ruim, gente?

O rapper não queria chamar a atenção para a marca, mas acabou postando:

“Acho que algumas empresas estão lançando propositalmente comerciais racistas para ter mais visualizações. E acho que eu não deveria ajudar [na divulgação] postando sobre isso. Mas preciso dizer. A propaganda ‘sometimes lighter is better’ da Heineken é terrivelmente racista. Não estou dizendo para boicotá-los, só estou apontando que isso acontece com frequência e acho que eles estão fisgando os consumidores. Eu não queria tuitar sobre isso, mas como não poderia?”

Após mais críticas do público, a Heineken decidiu tirar o comercial da televisão e dos seus canais oficiais online. A BBC postou um comunicado da marca:

“A Heineken desenvolveu um marketing diverso que mostra que há mais coisas nos unindo do que nos dividindo. Embora acreditemos que o anúncio faz referência à nossa cerveja Heineken Light, erramos o alvo e estamos levando a reação a sério e usaremos isto para influenciar campanhas futuras.”

Comentários

Topo