Menu Papel POP

Barbra Streisand explica como e porque clonou seu cachorro

Na última semana, Barbra Streisand fez uma revelação durante uma entrevista à revista Variety que deixou todo mundo meio chocado: ela clonou seu cachorro!

Depois da repercussão da notícia, nesta sexta-feira (2), Barbra publicou um artigo no The New York Times explicando porque decidiu clonar o seu cachorro.

“Fiquei tão devastada pela perda de minha querida Samantha, depois de 14 anos juntos, que eu só queria mantê-la comigo de alguma forma. Era mais fácil deixar Sammie ir se eu soubesse que poderia manter alguma parte dela viva, algo que veio de seu DNA. Um amigo clonou seu cão amado, e fiquei muito impressionada com esse cachorro. Então, o médico de Sammie pegou algumas células da parte de dentro da bochecha e da pele na barriga dela logo antes de morrer”, disse Barbra.

Logo depois disso, a cantora disse que adotou dois cachorros, até que recebeu um telefonema do laboratório.

“Não só o processo de clonagem funcionou, como produziu quatro cachorros! Infelizmente, um deles morreu antes que os filhotes tivessem idade suficiente para me serem entregues. Mas ainda assim, cinco cães eram demais para mim, já que sou uma pessoa que estava acostumada a levar meu cachorro a todos os lugares comigo e que nunca tinha mais de um cachorro por vez em minha casa”, continuou a artista.

Um dos cachorros que Barbra tinha adotado antes acabou ficando com a assistente dela, que adorava o animal, e a filha de um membro da equipe comercial da cantora ficou com um dos três clones, e a artista levou os outros dois para casa.

“Você pode clonar a aparência de um cachorro, mas você não pode clonar a alma. Ainda assim, toda vez que olho para os rostos delas, penso em minha Samantha … e sorrio”, concluiu Barbra Streisand.

Comentários

Topo