Menu Papel POP

“USS Callister”, episódio de “Black Mirror”, pode ganhar série derivada

A tão esperada nova temporada de “Black Mirror” abre com uma surpresa: o primeiro episódio, “USS Callister”, é uma grande paródia de “Star Trek” e foge de todo o formato que a série apresentou até agora, com um dos episódios mais longos. O negócio repercutiu e já há planos futuros.

Toby Haynes, diretor do episódio que também já trabalho com “Sherlock” e “Dr Who”, contou ao Hollywood Reporter que já há conversas sobre transformar o episódio numa série paralela.

Eu estive conversando com Louise Sutton, que produziu o episódio e “Metalhead”, e ela desenvolveu uma ideia brilhante de fazer uma série paralela. Eu adoraria fazer uma série de “USS Callister” – é provavelmente um dos melhores pilotos entre as séries espaciais. E nós fizemos! Então eu a vejo como uma série. Eu acho que Charlie [criador da sérietalvez traga de volta em “Black Mirror”.

O episódio conta com o rosto familiar de Michaela Coel, que tem a série “Chewing Gun”, teve outras participações em “Black Mirror” e até fez uma pontinha no “Star Wars” mais recente.

Além dela, Jesse Plemons faz o Robert Daly, Cristin Milioti interpreta Nanette Colle e Jimmi Simpson é Walton.

É, com certeza, um dos episódios mais ambiciosos da série, com um ótimo tom de humor. Vale mesmo uma série sozinha, hein?

Comentários

Topo