Menu Papel POP

Uma Thurman manda recado a Harvey Weinstein: “Você não merece um tiro”

Se depender da Uma Thurman, vai rolar um “Kill Bill Vol. 3”, mas com o alvo sendo Harvey Weinstein. A atriz, que protagonizou a primeira e a segunda parte da história (produzidas pela empresa de Weinstein), aproveitou o Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos para mandar um recadinho ao produtor.

“Feliz Dia de Ação de Graças! Hoje estou grata por estar viva, por todos que amo e por todos que têm a coragem de defender os outros. Recentemente eu disse que estava brava, e tenho algumas razões para isso — #metoo, caso vocês não conseguiram perceber no rosto. Acho que é importante ser paciente, ser justo, ser correto, então… feliz Dia de Ação de Graças a todos! (Menos para você, Harvey, e seus conspiradores perversos — fico feliz por isso estar acontecendo devagar. Você não merece um tiro). Fiquem atentos.”

Ela inclusive ilustrou o post com uma foto da sua personagem em “Kill Bill”. Sedenta por vingança!

Quando Uma diz que estava brava, ela se refere a uma entrevista na qual foi perguntada sobre o que achava dos casos de assédio de Harvey Weinstein. A resposta foi a seguinte: “Eu aprendi que quando falo com raiva, geralmente me arrependo da maneira como me expressei. Então estou esperando ficar mais calma. E quando estiver pronta, direi o que tenho a dizer.

Realmente dá para notar toda a frustração da atriz! E como a hashtag #metoo — usada por mulheres para falarem sobre seus casos de assédio ou abuso sexual — foi escrita na legenda do post, podemos deduzir que Uma passou por experiências do tipo com Weinstein.

Ainda tem muita coisa para acontecer…

Comentários

Topo