Menu Papel POP

Gal Gadot dá a entender que Brett Ratner não produzirá “Mulher-Maravilha 2”

Parece que Gal Gadot confirmou indiretamente a saída do produtor Brett Ratner de “Mulher-Maravilha 2”. Nos últimos dias um rumor vinha circulando sobre uma suposta condição da atriz para fazer a sequência do filme: Ratner, acusado de assédio sexual, precisaria deixar a equipe.

Quando perguntada hoje pela apresentadora do programa The Today Show se o boato era verdadeiro, Gal respondeu:

“Muita coisa foi escrita sobre minhas opiniões, e todo mundo sabe como eu me sinto porque não estou escondendo nada. Mas a verdade é que há muitas pessoas envolvidas no filme, não sou só eu, e todas elas sentiram a mesma coisa. Todos sabiam qual era a coisa certa a se fazer, mas não tinha nada para eu de fato dizer, porque já tinha sido feito antes da matéria ser publicada.”

Na segunda-feira, durante a estreia de “Liga da Justiça” em Los Angeles, Gal falou a mesmíssima coisa, usando quase todas as mesmas palavras:

A empresa de Ratner ajudou a produzir “Mulher-Maravilha” e tem um contrato de co-financiamento com a Warner Bros. no valor de U$ 450 milhões, que vai acabar em março de 2018, antes das filmagens de “Mulher-Maravilha 2”. O estúdio cortou relações diretas com Ratner após as acusações de Olivia Munn e outras atrizes, mas nada foi dito sobre esse acordo com a produtora dele.

A sequência foi antecipada em um mês e chegará aos cinemas em novembro de 2019.

(via Variety)

Comentários

Topo