Menu Papel POP

Michelle Williams revela ter sofrido depressão e pensado em suicídio na época das Destiny’s Child

Michelle Williams participou do programa “The Talk” na TV americana nesta quarta-feira (18), e revelou que lutou contra a depressão e pensamentos de suicídio no auge do sucesso do Destiny’s Child, no início dos anos 2000.

Na época, ela não achava que estava sofrendo de depressão porque não podia identificar os sinais como sintomas e, em vez disso, acreditava que estava apenas com dores. Somente ao chegar aos 30 anos, quando relembrou tudo, que percebeu o que estava sofrendo. “Depressão não significa preguiça. Auto-mutilação não significa que você só quer atenção. Não é nada disso.”

Quando ela revelou ao gerente do grupo – o pai de Beyoncé, Mathew Knowles – que pensava que estava deprimida, ele disse: “Vocês apenas assinaram um acordo de vários milhões de dólares. Você está prestes a fazer turnês. Com o que você pode estar deprimida? Ele queria que eu estivesse grata, o que eu estava, mas ainda me sentia triste”.

Williams continuou a lidar com sua depressão, mas só piorou, ao ponto de ela ter pensamentos suicidas e querer deixar o grupo. “Eu cheguei ao ponto de me tornar suicida. Eu estava em uma lugar pesado e sombrio. Eu quero que essa discussão se torne normal, para ajudar outros”, declarou a cantora

Comentários

Topo