Menu Papel POP

Irmão de Harvey Weinstein também é acusado de assédio sexual em Hollywood

Bob Weinstein, irmão de Harvey Weinstein, também está enfrentando acusações de assédio sexual. Amanda Segel, uma produtora executiva da série “O Nevoeiro”, acusou Bob de assédio durante a produção do programa.

Amanda disse à revista Variety que Bob fez várias tentativas de convidá-la para jantar desde o verão de 2016 até que seu advogado informou os executivos da The Weinstein Company de que deixaria o programa se ele não parasse de contactá-la pessoalmente.

“‘Não’ deve ser suficiente. Depois de ‘não’, qualquer pessoa que tenha perguntado deve seguir em frente. Bob continuou me falando que queria ter uma amizade. Ele não queria uma amizade. Ele queria mais do que isso. Minha esperança é que ‘não’ seja o bastante agora”, disse ela à revista.

Segundo Amanda, ela concordou com um jantar que foi cheio de “perguntas altamente íntimas”, durante o qual Bob perguntou se ela o levaria de volta ao hotel. Quando ela fez, ele pediu que ela subisse ao quarto, o que ela declinou. Ele continuou a lhe convidar para jantar, “brincando às vezes que ele era seu chefe e poderia demiti-la se não concordasse”.

Um representante de Bob respondeu as acusações de Amanda: “Bob Weinstein jantou com a Sra. Segel em Los Angeles em junho de 2016. Ele nega todas as alegações de que ele se comportou de forma inadequada no jantar ou depois disso. É muito lamentável que tal alegação tenha sido feita”.

Comentários

Topo