Menu Papel POP

Séries e filmes para não ficar com saudades dos atores de “GoT” até a última temporada

Acabou a sétima temporada de “Game of Thrones” e a gente fica como? Só esperando. Pode ser que a oitava e última fase seja lançada em 2018, mas também há a possibilidade dela ir ao ar só em 2019! Que desesperoooooooo!

Enquanto aguardamos um bom tempo pelo desfecho da história, sugerimos alguns trabalhos anteriores dos principais atores da série para matarmos a saudade deles.

Kit Harington (Jon Snow)

“Pompeia” (2014)

Sinopse: Milo (Kit Harington) é um escravo que se tornou um gladiador e se encontra em uma corrida contra o tempo. Após a erupção do Monte Vesúvio, ele precisa salvar seu grande amor, a bela Cassia (Emily Browning), filha de um rico comerciante e que foi prometida a um corrupto senador romano, em meio a destruição da cidade.

“MI-5” (2015)

Sinopse: Durante uma ação de rotina na capital inglesa, um perigoso terrorista que se encontra sob custódia acaba conseguindo escapar. Ao tomar ciência do ocorrido, o agente secreto Will Holloway (Kit Harington) não hesita em assumir o caso, buscando evitar que um atentado iminente seja consumado. Para concluir essa ingrata tarefa com a maior agilidade possível, Holloway tem que se juntar a Harry Pearce (Peter Firth), o influente Chefe de Inteligência do MI5.

Emilia Clarke (Daenerys Targaryen)

“Como Eu Era Antes de Você” (2016)

Sinopse: A jovem e peculiar Louisa “Lou” Clark (Emilia Clarke) transita de emprego a emprego para ajudar a sustentar sua família. Entretanto, sua atitude alegre é testada quando se torna cuidadora de Will Traynor (Sam Claflin).

“Voice from the Stone” (2017)

Sinopse: Em 1950, na Toscana, o rico garoto Jakob (Edward Dring) fica traumatizado após a morte de sua mãe, e para de falar. A jovem enfermeira Verena (Emilia Clarke) é chamada à mansão da família para cuidar dele. Aos poucos, ela conhece os segredos do pai da família e do próprio Jakob. Verena suspeita que os muros de pedra contêm forças malignas que se apoderaram da criança, e que tentam se apoderar dela também.

Lena Headey (Cersei Lannister)

“Imagine Eu e Você” (2005)

Sinopse: No dia do seu casamento, Rachel (Piper Perabo) conhece a florista Luce (Lena Headey) e sente uma forte atração por ela. Ao se reencontrarem, a amizade entre as duas cresce tanto quanto as dúvidas de Rachel em relação ao marido. Ao saber que Luce é gay, sua vida vira do avesso.

“Terminator: The Sarah Connor Chronicles” (2008-2009)

Sinopse: Ambientada após os eventos de “O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final” (1991), Sarah Connor (Lena Headey) e seu filho, John (Thomas Dekker), tentam se esconder do governo enquanto planejam destruir a rede de computadores Skynet, na esperança de impedir o Armageddon.

Peter Dinklage (Tyrion Lannister)

“O Agente da Estação” (2003)

Sinopse: Finbar McBride (Peter Dinklage) nasceu com nanismo e, mesmo odiando ser o centro das atenções, não consegue passar despercebido. Por isso, ele decide se mudar para Nova Jersey e viver uma vida solitária. No entanto, tudo está prestes a mudar.

“As Crônicas de Nárnia: Príncipe Caspian” (2008)

Sinopse: Um ano após a sua última aventura, os irmãos Pevensie regressam à terra mágica de Nárnia e descobrem que 1300 anos se passaram. Nárnia está em guerra novamente e os irmãos unem forças com o Príncipe Caspian (Ben Barnes) para derrotar o maldoso Rei Miraz (Sergio Castellitto) e restaurar a paz.

Nikolaj Coster-Waldau (Jaime Lannister)

“Headhunters” (2011)

Sinopse: Um caçador de talentos (Aksel Hennie) que rouba obras de artes para financiar seu estilo luxuoso de vida vê a oportunidade única para um roubo quando conhece Clas Greve (Nikolaj Coster-Waldau). Mas seu plano sofre uma reviravolta quando descobre que o dono da obra é seu novo cliente.

“Mama” (2013)

Sinopse: Quando o pai de Victoria e Lilly mata a esposa, as meninas fogem assustadas. Durante cinco anos, ninguém sabe delas, até o dia em que reaparecem, sem explicação de como sobreviveram. Os tios Lucas (Nikolaj Coster-Waldau) e Annabel (Jessica Chastain) adotam as irmãs e tentam lhes dar uma vida tranquila, mas logo percebem que existe algo errado. As duas conversam frequentemente com uma entidade invisível que chamam de Mama. Lucas e Annabel não sabem se acreditam nas meninas ou se devem culpá-las pelos estranhos acontecimentos na casa.

Maisie Williams (Arya Stark)

“The Falling” (2014)

Sinopse: É 1969 em uma estrita escola de meninas inglesa, onde a carismática Abbie (Florence Pugh) e a intensa e perturbada Lydia (Maisie Williams) são melhores amigas. Depois de uma tragédia na escola, uma misteriosa epidemia de desmaio surge, ameaçando a estabilidade de todos os envolvidos.

“iBoy” (2017)

Sinopse: Tom (Bill Milner) é baleado no momento em que tenta parar um ataque violento contra sua namorada Lucy (Maisie Williams). Depois de um tempo ele acorda do coma e descobre que fragmentos de seu smartphone foram incorporados no seu cérebro, dando a ele super poderes. Tom usa esse conhecimento e tecnologia para se vingar da gangue responsável pelo ataque.

Sophie Turner (Sansa Stark)

“Meu Outro Eu” (2013)

Sinopse: Fay (Sophie Turner) é uma adolescente comum, mas que sofre com problemas familiares, como o pai preso à cadeira de rodas e a mãe que começa a buscar conforto em outra pessoa. Mas, através de sombras e aparições, Fay começa a sentir uma presença estranha ao seu redor que possui a aparência idêntica a dela.

“X-Men: Apocalipse” (2016)

Sinopse: Desde o início da civilização, ele foi adorado como um Deus. Apocalipse, o mutante mais poderso do Universo X-Men, acumulou o poder de vários outros mutantes, tornando-se imortal e invencível. Quando acorda depois de milhares de anos, ele fica desiludido com o mundo atual e recruta um time de mutantes poderosos, incluindo um desencorajado Magneto (Michael Fassbender), para acabar com a raça humana e criar uma nova ordem mundial, sob o qual ele reinará. Com o destino da Terra por um fio, Mística (Jennifer Lawrence), com a ajuda do Professor X (James McAvoy) vai liderar um grupo de jovens X-Men para interromper a extinção e salvar a humanidade da destruição.

Comentários

Topo