Menu Papel POP

Demi Lovato envia mensagem ao Brasil lamentando decisão sobre homossexualidade ser tratada como “doença”

O caso da Justiça Federal do Distrito Federal que concedeu uma liminar que permite que psicólogos possam tratar gays e lésbicas como “doentes” e oferecer terapias de “reversão sexual”, sem que sejam censurados pelo Conselho Federal de Psicologia chegou ao exterior, e Demi Lovato se manifestou sobre o assunto.

A cantora publicou uma mensagem em seu Facebook lamentando a decisão. “Pensando em você hoje, Brasil. Espero ver esta decisão errada corrigida em breve. Eu amo vocês”, escreveu Demi no posta companhado de uma imagem que dizia “amor não é doença, é a cura. Trate seu preconceito.”

demilovato-cura-gay

Aqui no Brasil, muitos famosos como Anitta, Fernanda Gentil e Paulo Gustavo também se mostraram contra essa decisão da Justiça.

Comentários

Topo