Menu Papel POP

Com mensagem sobre intolerância, Obama tem o tweet mais curtido da história

A resposta do ex-presidente Barack Obama no Twitter para a violência na cidade de Charlottesville, na Virgínia, durante manifestação neonazista no fim de semana se tornou oficialmente o tweet com mais curtidas da história.

Obama publicou uma série de tweets no sábado citando o ex-presidente sul-africano Nelson Mandela após o confronto entre neonazistas e manifestantes contrários. “Ninguém nasce odiando outra pessoa por causa da cor da pele, ou dos antecedentes, ou da religião”, diz o primeiro tweet. “As pessoas aprendem a odiar e, se aprendem a odiar, podem ser ensinadas a amar. O amor vem mais naturalmente ao coração humano do que o seu oposto”, continuou ele.

O tweet inicial, que foi acompanhado por uma foto do ex-presidente sorrindo para quatro crianças em uma janela, recebeu mais de 3,2 milhões de likes e mais de 1,3 milhão de retweets.

O tweet de Obama bateu o recorde que antes era de Ariana Grande, com sua mensagem após o ataque terrorista em Manchester durante seu show em maio, que tem mais de 2,7 milhões de likes.

(Via Time)

Comentários

Topo