Menu Papel POP

Zayn já foi barrado pela polícia americana por causa de seu nome

Zayn Malik contou ao jornal britânico Evening Standard que, na primeira vez que viajou a os Estados Unidos, ficou três horas preso no aeroporto sendo interrogado pela polícia americana, porque seu nome era considerado suspeito.

O caso aconteceu no começo da carreira do One Direction. “Eles me revistaram três vezes antes de entrar no avião. Primeiro, disseram que fui escolhido aleatoriamente, e depois disseram que tinha algo a ver com meu nome. Aparecia algo no sistema deles. Quando pousei, foi tipo um filme. Me mantiveram três horas lá, me perguntando sobre coisas loucas. Eu tinha 17 anos, era minha primeira vez na América, cansado do voo e do fuso-horário, confuso. A mesma coisa aconteceu na vez seguinte”, relatou.

Mas Zayn disse que compreende as ações da polícia americana. “Eu entendo o nível de cautela que precisa ser tomado, especialmente agora, à luz de certos eventos na Inglaterra. Não acho que exista qualquer benefício em ficar com raiva. Eu entendo por que fizeram isso”, afirma.

Zayn Malik tem ascendência paquistanesa do lado paterno da família. “Atualmente não estou praticando, mas fui criado na fé islâmica, isso sempre estará comigo, e eu identifico muito com a cultura. Mas eu sou apenas eu. Eu não quero ser definido por minha religião”, falou à publicação britânica.

Comentários

Topo