Menu Papel POP

JAY-Z pede desculpas à Beyoncé em emocionante “4:44”

MAIS SOBRE:

Nesta sexta-feira (30), o antecipado “4:44”, primeiro álbum de JAY-Z desde “Magna Carta Holy Grail”, de 2013, foi lançado (pelo Tidal, é claro).  Depois de Beyoncé ter deixado bem às claras vários problemas do relacionamento do casal em “Lemonade”, os fãs dos Carter estavam bem ansiosos pra ver se o rapper se pronunciaria sobre o assunto. E eles não se decepcionaram.

Na faixa-título, uma alusão clara à mística que o número quatro tem para os dois (ele nasceu no dia 4/12; ela, 4/9. E os dois se casaram no dia 4/4), JAY-Z pede desculpas à esposa e afirma não merecê-la. Dá uma olhada:

“Peço perdão por ser mulherengo / Foi necessário que minha filha nascesse / Ver pelos olhos de uma mulher / Foram necessários esses gêmeos naturais para acreditar em milagres / Demorou muito para essa música / Eu não te mereço”

Na música, ele também fala sobre abortos. E não é a primeira vez que ele se refere a isso: em “Glory”, música lançada dois dias depois do nascimento de Blue Ivy, ele menciona um. E um ano depois, no documentário “Life is But a Dream”, sobre a vida de Beyoncé, ela dá detalhes sobre o aborto que sofreu antes do nascimento da primeira filha.

“Então eu peço perdão / Eu vi a inocência / Abandonar seus olhos / Eu ainda choro essa morte / Eu peço perdão pelos natimortos / Porque eu não estava pressionando / O seu corpo não aceitaria isso”

O rapper menciona, ainda, o arrependimento pelas traições e sobre o medo do julgamento dos filhos se eles descobrissem o que ele fez.

“E se meus filhos soubessem, eu nem sei o que eu faria / Se eles não me olhassem da mesma forma / Eu provavelmente morreria de tanta vergonha”

Você pode ouvir o álbum “4:44” pelo Tidal. A música tem um sample de “Late Nights & Heartbreak“, de Hannah Williams & The Affirmations, composta por Kanan Keeney. Ela foi co-escrita por Jay Z e No ID (que também co-produziu o álbum com o rapper).

Comentários

Topo