Menu Papel POP

Dr. Luke retira processo de difamação contra mãe de Kesha; leia comunicado dos dois

MAIS SOBRE:

O processo de difamação que Lukasz Gottwald, o Dr. Luke, movia contra a mãe de Kesha, Pebe Sebert, foi retirado. Ainda assim, a batalha jurídica diretamente entre o produtor e a cantora continua.

De acordo com a Billboard, Dr. Luke entrou com um processo contra Kesha e sua mãe três anos atrás alegando que estava sendo difamado pelas duas por causa das acusações de abuso sexual e psicológico feitas pela cantora. Em 2016, o produtor processou Pebe Sebert mais uma vez pelo mesmo motivo, desta vez citando comentários em redes sociais e uma entrevista da mãe de Kesha.

Agora, Dr. Luke e Pebe anunciaram um acordo. Em comunicado, o produtor retira os processos de difamação contra a mãe; ela, por sua vez, afirma que não sabe do que houve no dia do suposto abuso.

“Dr. Luke nega veementemente que tenha estuprado Kesha Sebert, e ele segue com a denúncia por difamação contra a cantora no tribunal de Nova York por ela ter dito o contrário, com afirmações que ele garante firmemente serem falsas. Pebe admite que ela não tem conhecimento pessoal sobre os eventos ocorridos na noite do suposto estupro. Pebe não estava presente naquela noite. Na época, Pebe estava em Nashville, e Kesha estava em Los Angeles. A disputa entre Kesha e Dr. Luke sobre os eventos daquela noite é tema de um processo em Nova York, e será decidido nesse caso. Consequentemente, todas as partes acreditam que é apropriado descartar o processo em Tennessee e concentrar sua atenção no processo de Nova York.”

Ou seja, Dr. Luke continua processando Kesha, mas desistiu do caso contra a mãe da cantora especificamente. Essa história ainda tem muito chão, aparentemente!

Comentários

Topo