Menu Papel POP

Entrave com Netflix faz Festival de Cannes criar nova regra para competição

A partir do momento em que a Netflix decidiu colocar seus filmes em disputa nos festivais de cinema, os organizadores desses eventos passaram a questionar se a plataforma de streaming de fato tem direito de participar das mostras, porque a empresa simplesmente disponibiliza as produções em seu catálogo e raramente as distribui em salas.

Esse ponto foi levantado no Festival de Cannes deste ano, que acontece entre 17 e 28 de maio. A seleção oficial pela primeira vez tem dois filmes da plataforma: “Okja”, de Bong Joon-Ho (“Expresso do Amanhã”), e “The Meyerowitz Stories”.

O Festival pediu para a Netflix exibir os dois filmes em circuito nas salas de cinema da França, mas o serviço se recusou. Nesse impasse, ficou a dúvida: Cannes vai retirar a Netflix do evento? Nada disso! Massssss…

Em comunicado feito nesta quarta-feira (10), o Festival esclareceu que “Okja” e “The Meyerowitz Stories” continuarão na disputa, mas por causa desse entrave, uma nova regra está em vigor a partir de 2018:

“Qualquer filme que desejar participar da competição em Cannes terá que se comprometer a ser distribuído nos cinemas da França. Esta nova medida será aplicada a partir da edição 2018 do Festival Internacional de Cannes em diante.”

O presidente da empresa, Reed Hastings, postou em seu Facebook:

“A indústria está se fechando contra nós. Veja ‘Okja’ na Netflix no dia 28 de junho. Filme incrível que os cinemas querem impedir de competir em Cannes.”

Comentários

Topo