Menu Papel POP

Camila Cabello lançará primeiro single esta semana e fala mais sobre CD solo

MAIS SOBRE:

Esta semana será agitadíssima no mundo da música! Selena Gomez vai lançar single novo, assim como Liam Payne (ex-One Direction) e Iggy Azalea em parceria com Anitta. Quem também entrou no bonde foi Camila Cabello!

A cantora fez um textão no Instagram neste domingo, dia 14, para anunciar seu primeiro álbum solo: “The Hurting, the Healing, the Loving”. A primeira música já estará disponível no dia 19. Finalmente!

No post, ela explicou o conceito do CD e suas inspirações:

“A primeira música do meu próximo álbum, ‘The Hurting, the Healing, the Loving’, será lançada no dia 19 de maio. ‘The Hurting, the Healing, the Loving’ é a história da minha jornada da escuridão até a luz, de um momento em que eu estava perdida para o momento em que me encontrei de novo. A história por trás do álbum começa com a segunda música que vocês ouvirão, chamada ‘I Have Questions’, a qual comecei a escrever no banheiro de um hotel, quando estava em turnê mais ou menos há um ano. Eu estava completamente devastada naquela época, e era um tipo de dor sobre a qual é desconfortável falar, e é o tipo de capítulo que você nunca quer ler em voz alta… Eu não consegui escrever outra música durante seis meses, porque compor significava que eu tinha que sentir tudo, e eu não ainda estava pronta para isso. Então, quando fui de quartos de hotéis para estúdios a fim de fazer meu primeiro álbum, eu estava fazendo música sobre tudo, menos sobre o que eu estava passando. Era como um segredo queimando na minha língua e, por alguma razão, eu não conseguia falar… até que um dia eu não pude mais fugir. Peguei as composições do ano anterior, e ‘I Have Questions’ foi escrita. Depois disso, todos os dias escrevi uma música triste, sobre tudo o que queria falar, escrevendo todas as letras no meu celular; eu falei tudo até cansar. Até que fiquei cansada das músicas tristes! Conforme fiquei mais feliz, me dei conta que minhas músicas também ficavam mais e mais felizes. E percebi que não estava fazendo músicas para um álbum. Eu estava fazendo músicas para me curar. Não foi assim até eu ter canções suficientes para ouvir e entender que podia me escutar naquelas músicas. Eu não escrevi com a intenção de entregar uma mensagem, mas me dei conta que a mensagem era sobre a ferida, a cura e o amor. Eu talvez tenha pensado que a ferida era minha inimiga, mas ela se tornou minha melhor ouvinte. Eu poderia ter pensado que era muito impaciente para a recuperação, e algumas vezes realmente parecia que duraria para sempre. Mas entendi que isso me fez apreciá-la muito mais quando a cura chegou. E o amor: eu não saberia o quão bonito ele era se não sentisse sua falta o tempo inteiro. À ferida, obrigada por me ensinar que mesmo que você me leve à noite para as profundezas do oceano, eu ainda vou acordar pela manhã. À recuperação, obrigada pelas lágrimas. Quando elas finalmente chegaram, tinham gosto de Deus. Ao amor, você é ainda mais bonito do que me lembro.”

Que filosófica, Camila! Deu até mais ansiedade de escutar esse seu trabalho!

Comentários

Topo