Menu Papel POP

Diretor do 3º “X-Men” diz: “Rotten Tomatoes é a destruição da indústria do cinema”

Quem aí conhece o Brett Ratner? Talvez não por nome, mas ele já dirigiu filmes bem conhecidos como a trilogia “A Hora do Rush” e “X-Men: O Confronto Final” – além disso, ele também é responsável por clipes como “Heartbreaker” da Mariah Carey e “Beautiful Stranger” da Madonna!

Produtor de muitos outros filmes e séries (“Prison Break”, “O Regresso”), Ratner estava no festival Sun Valley Film na última semana quando criticou o Rotten Tomatoes. Tão sabendo? É aquele site que compila várias críticas de cinema e televisão e as junta em um só local, atribuindo uma porcentagem a cada filme ou série. Chamado de Tomatômetro, essa porcentagem representa, com base nos textos, a quantidade de críticos que aprovou determinada produção.

Ratner disse que reduzir as críticas a números é extremamente nocivo (via EW). Vem ver o que ele falou:

“A pior coisa que temos na cultura cinematográfica de hoje é o Rotten Tomatoes. Acho que é a destruição da nossa indústria. Tenho muito respeito e admiração pela crítica de cinema. Quando eu estava crescendo, a crítica de cinema era uma arte verdadeira. E havia intelecto nisso. Você lia os comentários de Pauline Kael, ou de outras pessoas, e isso não existe mais. Agora tudo é resumido em um número, composto de positivos contra negativos. E isso é triste, porque a pontuação de ‘Batman vs. Superman’ no Rotten Tomatoes foi tão baixa que acho que atrapalhou um filme muito bem sucedido.”

Ratner, cuja empresa RatPac Entertainment co-financiou “Batman vs. Superman: A Origem da Justiça” – o filme custou US$ 250 milhões, rendeu perto de US$ 900 milhões no mundo inteiro e teve 27% no Rotten -, continuou:

“As pessoas não percebem como um filme desses é feito. É impressionante. Isso é insano, está prejudicando a indústria, está fazendo as pessoas não verem um filme. Na América Central é assim: ‘Ah, tal filme tem uma pontuação baixa no Rotten Tomatoes, então eu não vou assistir porque deve ser bem ruim’. Mas esse número é uma soma e ninguém pode descobrir exatamente o que ela significa, e nem sempre ela é correta. Eu vi alguns filmes ótimos com pontuações pavorosas no Rotten Tomatoes. O que é triste é que a crítica de cinema desapareceu. É realmente triste.”

A Entertainment Weekly quis saber o outro lado da história e conversou com Jeff Voris, um integrante do Rotten Tomatoes. Ele declarou:

“No Rotten Tomatoes concordamos completamente que a crítica de cinema é valiosa e importante, e estamos tornando mais fácil do que nunca para os fãs o acesso, em um só lugar, a centenas de críticas profissionais de um determinado filme ou série. A pontuação do Tomatômetro, ou seja, a porcentagem de críticas positivas publicadas por críticos profissionais, tornou-se uma ferramenta de decisão útil para os fãs, mas acreditamos que significa apenas um ponto de partida para as pessoas começarem a discutir, debater e compartilhar suas próprias opiniões.”

O que vocês acham? Vocês usam esses sistemas de notas, leem críticas?

Comentários

Topo