Menu Papel POP

Grammy agora também terá mulher trans e homem como assistentes de palco

MAIS SOBRE:

A cerimônia de premiação do Grammy rola já na noite do próximo domingo (12). Talvez você nem perceba, mas a edição deste ano do prêmio trará uma novidade muito importante em relação à representatividade.

Sabe aquela pessoa linda que fica segurando o troféu bem ao lado de quem está anunciando o vencedor de uma categoria? Então, essas pessoas são as “trophy girls”. Ou pelo menos eram. É que a partir deste ano, o “cargo” deixa de ser ocupado exclusivamente por mulheres.

O time dos agora chamados de “trophy presenters” (afinal, não tem mais gênero definido, né?) será composto pelo modelo e ator Derek Maroco (homem), pela modelo e atriz Hollin Haley (uma mulher cis, a loira ali da foto) e pela modelo transgênera Martina Robledo.

trophy presenters grammy 2

“Pra ser honesto, a ideia de ‘garota do troféu’ já parece antiquada há um tempo”, disse Neil Portnow, presidente da Recording Academy. “De qualquer maneira, quem escreveu essa regra? A habilidade de carregar um troféu não tem nada a ver com gênero. O poder universal da música sempre caminhou junto ao espírito de inclusão.”

presidente da Recording Academy - grammy

Neil Portnow, presidente da Recording Academy

VRAU! Ou seja, gente: temos aqui a Recording Academy reconhecendo que, por muito tempo, foi bastante sexista ao não permitir que ninguém além de mulheres segurassem o troféuzinho. Parece pouco, mas já é mais uma grande derrota desse mundo antiquado que vive para objetificar as mulheres.

A cerimônia de premiação do Grammy rola neste domingo (12) a partir das 23h (horário de Brasília) e será transmitido ao vivo na TV e na internet pelo TNT.

E aí, o que você achou da novidade?

Comentários

Topo