Menu Papel POP

Donald Trump responde crítica de Meryl Streep e diz que atriz é superestimada

Donald Trump, o presidente eleito dos Estados Unidos, adora reclamar muito no Twitter. Quando vimos o discurso de Meryl Streep no Globo de Ouro ontem (domingo, 8), no qual ela criticou a política de Trump, já esperávamos um posicionamento do presidente em sua rede social.

Não demorou! Na manhã desta segunda-feira, dia 9, Trump tuitou numa série de três mensagens o que achou de Meryl e sua fala:

“Meryl Streep, uma das atrizes mais superestimadas em Hollywood, não me conhece, mas me atacou ontem à noite no Globo de Ouro. Ela é uma lacaia da Hillary [Clinton] que perdeu feio. Pela 100ª vez, eu nunca ‘ridicularizei’ um repórter deficiente (nunca faria isso), e sim simplesmente o imitei-o ‘rastejando’ quando ele mudou completamente uma história de 16 anos que ele havia escrito para me colocar numa má situação. Mais uma vez a mídia é desonesta!”

Ao receber o prêmio Cecil B. DeMille pelo conjunto da obra, Meryl mencionou um episódio em que Trump zombou o repórter Serge Kovaleski, do jornal “The New York Times”.

“Quando eu vi isso, partiu meu coração, e eu ainda não consigo tirar isso da cabeça porque não aconteceu num filme, e sim na vida real. Esse instinto de humilhar, quando feito por alguém numa plataforma pública, afeta a vida de todo mundo, porque dá permissão para outros fazerem o mesmo. Desrespeito convida desrespeito, violência incita violência. Quando os poderosos usam de suas posições para praticar bullying contra os outros, todos nós perdemos.”

A cena é a seguinte:

Comentários

Topo