Menu Papel POP

Fãs defendem Taylor Swift após críticas por ela não ter ido à Women’s March

MAIS SOBRE:

No último sábado, dia 21, aconteceu a Women’s March, evento que reúne mulheres por todo os EUA contra a eleição do presidente Donald Trump.

O mais incrível foi que muitas atrizes, cantoras e artistas participaram do movimento e mostraram tudo nas redes sociais.

Madonna, Ariana Grande, Melissa Benoist, Cher, Vanessa Hudgens, Charlize Theron, Alicia Keys, Miley Cyrus, Katy Perry e muuuuuitas outras.

A cantora se limitou a postar um tuíte sobre o evento: “Muito amor, orgulho e respeito por essas mulheres que marcharam. Estou orgulhosa de ser uma mulher hoje e todos os dias”.

No entanto, muita gente criticou nas redes sociais que a Taylor Swift e quase ninguém do seu squad, compareceu à marcha das mulheres.

Inclusive, alguns sites internacionais como Refinary 29 e o BuzzFeed mostraram a repercussão do que ela disse. Eles publicaram vários tuítes com críticas à Taylor.

Fomos atrás dessa galera que causou no Twitter, não só isso, também buscamos os fãs que defenderam a cantora, mostrando um outro lado.

“Esse é um oportunismo nojento. Melhore.”

“Você quebrou a perna ou algo assim? Por que você não foi à marcha?”

“Mas onde você estava durante toda a eleição?”

“Por que você não foi?”

Diversos fãs foram contra e partiram em defesa da cantora, fazendo com que houvessem ainda mais críticas.

“Taylor Swift é apenas uma feminista quando é conveniente. Ela prejudicou mais o feminismo do que ajudou. Como foi que ela prejudicou o feminismo?”

“Falando sobre isso quando é relevante para ela, permanecendo em silêncio até que esteja na moda e por incluir apenas as mulheres brancas em seu ‘feminismo’.”

“Taylor não fala: tem ódio; Taylor fala: tem ódio; deem um tempo para a garota”.

“Ao espalhar uma mensagem de apoio à igualdade das mulheres, ela está fazendo um trabalho positivo para milhões!”

“Obrigado Taylor por tuítar isso e estamos muito orgulhosos de você!”

“Essa é minha garota, estou orgulhosa!”

“Há uma forte diferença entre criticar as ações de uma pessoa e procurar por qualquer oportunidade de falar mal dela.”

E você, o que acha? Taylor Swift tem todo o direito de apoiar a marcha e não participar dela? Ou ela deveria ter ido?

Comentários

Topo