Menu Papel POP

Este artista recriou várias redes sociais e serviços digitais como se fossem objetos dos anos 80 e 90!

MAIS SOBRE:

Convenhamos, dá pra gostar sim do retrô na mesma proporção em que se ama o moderno. Mas vem cá: você já parou para pensar como seria a vida lá atrás quando não havia tantas facilidades e funcionalidades a um clique de distância? E mais: já imaginou como seriam todos esses produtos se tivessem sido criados à época?

Pois foi justamente na intenção de que esta sensação fosse criada ~e claro, de mexer com o coração dos mais saudosos~ que o britânico e diretor de arte, Thomas Olliver, decidiu recriar uma série de serviços e redes sociais super atuais representados em objetos que, nos anos 1980, viveram seu auge.

O projeto, intitulado Re:Birth, vem fazendo o maior sucesso no Instagram e rendeu um resultado absolutamente maravilhoso, como não poderia deixar de ser. Pra começar, a gente começa mostrando o Adobe, que naquela época seria uma tela de desenhos e brincadeiras ~um clássico de todas as nossas infâncias!

Por sua vez, o Google seria representado pelo emblemático computador da Texas Instruments, comumente usado para jogos de soletração.

Agora imagina só você usando nos dias atuais um rádio Walk Talk? Pois este seria o WhatsApp hahahaha

Mas hein, Olliver não para por aí: em relação às grandes redes sociais, o artista representou o Instagram em uma câmera descartável ~não é que os efeitos retrôs inseridos recentemente no aplicativo tem lá seu fundamento.

 

Já o Facebook seria um Pager. Você chegou a usar um desses aparelhos, muito comuns para a troca de mensagens?

 

Para a Netflix, um dos grandes símbolos dos tempos modernos, foi feita uma adaptação tornando-a em um BRINQUEDO DE SLIDES. Gente!!!

E o gran finale: imagina se o Spotify fosse um daqueles Walkmans e nós tivéssemos que andar com várias fitas K7 na bolsa?

Sentiu a nostalgia bater? A gente quer muito!

Comentários

Topo