Menu Papel POP

Mateus Carrilho se desculpa pelos comentários sobre o clipe de Nego do Borel

Alvo de críticas pelos comentários sobre o novo clipe de Nego do Borel, “Me Solta”, Mateus Carrilho resolveu esclarecer o assunto na manhã desta quarta-feira (11).

Em um post no Twitter, o cantor pediu desculpas, e admitiu ter agido “de maneira superficial” e que “errou ao se esquecer por todas as questões envolvidas por trás [do beijo de Borel no modelo Jonathan Dobal]”.

Eu repensei muito nas últimas 24h horas. Fiquei mal de verdade. Eu tinha analisado o beijo do clipe (meu comentário foi em cima disso) de uma maneira superficial, eu não tinha colocado o peso. Mas eu errei ao me esquecer de todas as questões envolvidas por trás disso, como a maior de todas que é das pessoas que sofrem de verdade na vida real, que não se sentiram representadas e que são humilhadas diariamente. Pessoas que eu ando, convivo e estou sempre junto, eu tantas vezes fui essa pessoa.

Ele também se dirigiu diretamente aos que não se sentiram representados pelo clipe, além de ressaltar que levanta a bandeira LGBT+ há anos.

A essas pessoas eu quero pedir perdão, por ter sido imediatista e não ter analisado os fatos, não ter ido mais fundo na ferida do problema daquela representação ali. Estou há 7 anos levantando publicamente essa bandeira e levantando publicamente essa bandeira e nunca me hesitei ao abrir a boca para defender os meus. Quem me acompanha sabe.

Na última segunda-feira (9), Carrilho publicou tuítes, já apagados, dizendo estar se divertindo com os héteros incomodados com o vídeo de “Me Solta”. Para o cantor, Borel foi corajoso ao provocar os héteros, boa parte de seu público, com o beijo em outro homem no clipe.

Tudo resolvido?

Comentários

Topo