Menu Papel POP

Cardi B deleta Instagram e tranca Twitter após responder declarações de Azealia Banks

Ihh, gente! Cardi B deletou sua conta no Instagram e trancou seu perfil no Twitter após responder declarações de Azealia Banks neste sábado (12).

Tudo começou na última semana, quando Azealia concedeu entrevista para uma rádio americana falando sobre seus novos projetos e vida pessoal.

Em um momento da conversa, a rapper mencionou Cardi, dizendo que ela era uma “rata analfabeta, sem talento”.

“Há dois anos, a conversa em torno da cultura das mulheres negras estava realmente alcançando um recorde histórico”, disse se referindo as discussões provocadas com o lançamento de “Lemonade”, da Beyoncé.

“Havia apenas uma conversa muito inteligente acontecendo nacionalmente e, então, tudo simplesmente mudou e apareceu a Cardi B”, continuou.

“Estou falando sobre esse esteriótipo de mulher negra que as próprias mulheres negras nunca conseguiram se safar. Se minha ortografia e gramática fossem ruins, eu seria cancelada. Se Nicki Minaj escrevesse assim, nós ficaríamos incomodados com ela o dia inteiro.”

Dá uma olhada na entrevista:

Cardi não gostou dos comentários e, logo em seguida fez um comentário no Instagram respondendo a rapper.

“Eu sou da rua. Falo como eu falo, sou como sou. Não escolhi ser famosa, me escolheram! As pessoas me seguiram no Instagram e as pessoas me deram uma plataforma para mostrar meu talento. Eu nunca pedi para ser um exemplo ou um modelo. Eu não quero mudar meus caminhos por ser famosa. É por isso que eu apenas me importo com o meu negócio. Isso está vindo de uma mulher que branqueou sua pele mas quer advogar. TCHAU. Não estou me desculpando e nem vou me matar por ser quem eu sou.”

Depois ela postou mais um texto e deletou sua conta na rede:

Além do Instagram, Cardi também trancou seu perfil do Twitter, deixando seus posts visíveis apenas para os seguidores.

Azealia viu a mensagem e retrucou, mas logo em seguida deletou o post. Veja a tradução de um trecho do que ela escreveu:

“A cor da minha pele não tem absolutamente nada a ver com essa discussão sobre a cultura das mulheres negras e nossa representação na mídia. Pelo que sei, você sempre se identificou como latina. Só recentemente você começou a se identificar como negra, quando se tornou parte do hip-hop e sentiu-se pressionada a representar as mulheres que tantas vezes você chama de baratas carecas queimadas[…] Como uma mulher negra no hip-hop, é imperativo que você use sua (nova encontrada) imagem de mulher negra de forma responsável. Dizer coisas como “Eu nem uso camisinhas” quando o HIV continua sendo uma ameaça para muitas meninas que ouvem sua música é irresponsável. Eu sugiro que, por enquanto, você deixe esse tipo de discussões culturais”.

 

(Via Billboard)

Comentários

Topo