Menu Papel POP

Cinco mulheres acusam Louis C.K de se masturbar na frente delas

MAIS SOBRE:

O The New York Times, primeiro veículo de imprensa a mostrar as acusações de assédio e abuso sexual contra Harvey Weinstein, publicou nesta quinta-feira uma matéria na qual cinco mulheres dizem que o comediante e ator Louis C.K se masturbou na frente delas.

O relato começa com Dana Min Goodman e Julia Wolov. A dupla de comediantes conta que em 2002 foram convidadas a se encontrar com Louis C.K em seu quarto de hotel após uma apresentação no U.S. Comedy Arts Festival, em Aspen.

“Ele era um comediante que elas admiravam. As mulheres estariam juntas. As intenções de C.K pareciam amistosas. Assim que se sentaram em seu quarto, ainda com seus casacos e chapéus de inverno, Louis C.K. perguntou se ele poderia mostrar seu pênis. Elas pensaram que era uma piada e riram. ‘E então ele realmente fez isso’, disse Goodman. ‘Ele tirou todas as roupas e ficou completamente nu e começou a se masturbar’. (…) ‘Nós ficamos paralisadas’, disse Goodman. Depois que ele ejaculou em seu próprio estômago, elas fugiram do local.”

Quem conta outro caso similar é Abby Schachner. Em 2003, ela ligou para Louis C.K o convidando para uma de suas apresentações. Ela diz que durante a ligação, conseguia ouvi-lo se masturbando. Seis anos depois dessa ligação, ela recebeu uma mensagem de C.K no Facebook se desculpando. “A última vez que eu falei com você terminou de maneira sórdida. Era uma época ruim na minha vida e sinto muito“, ele escreveu.

Outra comediante passou pelo mesmo: Rebecca Corry. Segundo ela, C.K perguntou se ele poderia se masturbar na frente dela enquanto estavam gravando um episódio piloto para uma série em 2005. Courteney Cox (a Monica de “Friends”) e David Arquette, produtores desse programa, confirmaram o incidente. Em email, Courteney disse que “o que houve com Rebecca no set foi horrível” e que ela se sentiu “revoltada e chocada.”

Assim como Abby, Rebecca também recebeu um pedido de desculpas – o dela veio meses depois do caso. Na ligação, o comediante se desculpou por tê-la empurrado num banheiro, algo que nunca aconteceu. Quando Rebecca disse que na verdade ele tinha pedido para se masturbar na frente dela, C.K respondeu: “Eu costumava interpretar mal as pessoas.

A quinta mulher que falou com o NYT não quis seu nome revelado. Ela tinha 20 e poucos anos e trabalhava no fim dos anos 90 na produção do “The Chris Rock Show”; Louis C.K. também, já que era roteirista do programa. Segundo ela, C.K sempre pedia para que ela o visse se masturbando.

“Era algo que eu sabia ser errado. Acho que a grande razão pela qual eu concordei foi por causa da cultura. Ele abusava de seu poder.”

O The New York Times tentou falar com Louis C.K sobre as acusações, mas seu assessor disse que o comediante não responderia nenhuma pergunta. A estreia do novo filme dele, “I Love You, Daddy”, foi cancelada, assim como uma aparição no programa de Stephen Colbert.

Comentários

Topo