Menu Papel POP

Se afastando de Ryan Murphy, Lea Michele quer carreira como as de Tina Fey e Amy Poehler

MAIS SOBRE:

Em outubro, estreia a série “The Mayor” no canal americano ABC, a mais nova empreitada de Lea Michele, desta vez sem Ryan Murphy, que a acompanhou em “Glee” e “Scream Queens”. A atriz deu uma longa entrevista ao The Hollywood Reporter comentando que este afastamento do produtor, que a ajudou a alcançar o estrelato, foi planejado para uma nova fase de sua carreira.

Com a nova série que usa política para fazer comédia, a atriz espera expandir a forma como o público a vê. “Não que eu queira que eles esqueçam o trabalho que fiz em ‘Glee’. Mas como atriz penso que é realmente importante mostrar às pessoas que posso fazer personagens diferentes, com tons diferentes e cores diferentes. Eu cresci sendo a maior fã de Tina Fey e Amy Poehler, e essas mulheres tiveram carreiras tão incríveis na televisão e comédia, eu quero algo parecido com essa trajetória para mim.”

A atriz disse que ainda mantém uma forte amizade com Murphy e falou como foi trabalhar em “Scream Queens” logo após “Glee”. “Eu sabia, Ryan sabia, todos nós sabíamos, que para mim em particular, deixar ‘Glee’ seria emocionalmente muito difícil. Eu acho que Ryan definitivamente queria criar algo para mim, para que eu pudesse me jogar em algo imediatamente, para realmente ajudar nessa transição.”

Quanto a um retorno às produções de Ryan Murphy em algum momento no futuro, Lea Michele não descarta essa possibilidade. “Eu acredito que, uma vez que você está na família Ryan Murphy, você está nisso para sempre”, disse a atriz, que acrescentou que mesmo um revival de “Glee” é possível: “Quando eles quiserem renová-la no Hulu ou algo assim, eu estou pronta.”

Em “The Mayor”, Lea Michele interpreta uma conselheira política de um rapper que se candidata a prefeito de uma cidade e ganha. Confira o trailer abaixo:

Comentários

Topo