Menu Papel POP

Disney vai retirar seus filmes da Netflix nos EUA em 2019 e criar próprio serviço de streaming

MAIS SOBRE:

Chegará em breve mais um concorrente da Netflix, e de peso. A Disney anunciou nesta terça-feira (8) que vai retirar em 2019 todos os seus filmes da Netflix nos Estados Unidos e criar um serviço de streaming próprio.

Assim, a empresa planeja, a partir de 2019, disponibilizar em sua plataforma filmes como “Toy Story 4”, a sequência de “Frozen: Uma Aventura Congelante” e o live-action de “O Rei Leão”.

“A Disney também investirá significativamente em uma série anual de filmes originais, séries, curtas e outras exclusivas da marca Disney para o serviço. Além disso, a plataforma contará com uma vasta coleção de conteúdo, incluindo filmes da Disney e Pixar e programas de televisão do Disney Channel, Disney Junior e Disney XD.”

A mudança vai valer apenas para o mercado americano. Também não há informações concretas a respeito das produções da Marvel e da Lucasfilm, companhias que fazem parte da Disney. Falando com investidores, o CEO da Disney, Robert Iger, disse:

“Há conversas sobre o lançamento de um serviço exclusivo da Marvel e outro de Star Wars, mas sabemos do volume de conteúdo que entraria nessas plataformas. A distribuição de conteúdos da Marvel e de Star Wars será anunciada em uma data posterior, quando soubermos o que queremos fazer.”

A Netflix se posicionou com o seguinte comunicado, frisando que esse acordo de 2019 é somente para os Estados Unidos:

Os assinantes da Netflix nos Estados Unidos terão acesso aos filmes da Disney no serviço até o final de 2019, incluindo todos os novos filmes que estrearão nos cinemas até o final de 2018. Continuamos a fazer negócios com a Walt Disney Company globalmente em muitas frentes, incluindo o nosso relacionamento com a Marvel TV, em andamento.

Comentários

Topo