Menu Papel POP

Anitta explica sua “paradinha” na Parada do Orgulho LGBT

Anitta foi uma das artistas que passaram pelos trios elétricos da Parada do Orgulho LGBT, que aconteceu neste domingo (18), na Avenida Paulista, em São Paulo. Mas antes e depois de participar do evento, a cantora usou o Twitter para avisar aos fãs que ao contrário do que estavam divulgando, ela não faria nenhum show no local, mas que conseguiu dar uma palhinha.

Anitta explicou que só foi ao evento para receber uma homenagem do Chá da Alice e apoiar a causa LGBT, mas que já tem um show programado para esta mesma noite no Rio de Janeiro, agendado há muito tempo, e por isso não poderia ficar na Avenida Paulista. “Pela primeira vez eu tive agenda para estar presente. Agenda, agenda eu não tive porque não dormi. Infelizmente não é um show completo, mas quem sabe ano que vem”, explicou a cantora no story do Instagram. Confira abaixo a explicação completa de Anitta no Twitter.

A cantora compartilhou no story do Instagram a palhinha que fez na Parada, cantando seus hits “Bang”, “Sim ou Não”, “Paradinha”, e a parceria com Pabllo Vittar e Major Lazer, “Sua Cara”.

Após sua passagem pelo evento, Anitta fez uma publicação no Instagram agradecendo a homenagem, e todo o apoio do público LGBT durante a sua carreira.

“Uma honra ser homenageada, coroada e literalmente tratada como rainha hoje na Parada Gay de São Paulo. Sou eternamente grata à todas as alegrias que este público me proporciona na vida. Espero poder sempre usar minha força para levantar a bandeira da liberdade, do respeito e da coragem à todos os cidadãos independente de sua orientação sexual. Ver crianças, famílias e todo tipo de gente se divertindo em massa na paz e na alegria em prol dessa mensagem foi lindo. E a mensagem é essa… Se respeitem, se amem, não se julguem… todos precisam ser incentivados a assumir o que são e não serem punidos de nenhuma forma por isso. Por um mundo sem hipocrisia e consequentemente mais honesto e feliz! Feio é não ter caráter, feio é não ter respeito ao próximo… ser gay não… ser gay é apenas ser humano. Muito obrigada por me proporcionarem tamanha experiência. E quero voltar na próxima pra fazer um show inteiro nesse evento surreal!”

Uma honra ser homenageada, coroada e literalmente tratada como rainha hoje na Parada Gay de São Paulo. Sou eternamente grata à todas as alegrias que este público me proporciona na vida. Espero poder sempre usar minha força para levantar a bandeira da liberdade, do respeito e da coragem à todos os cidadãos independente de sua orientação sexual. Ver crianças, famílias e todo tipo de gente se divertindo em massa na paz e na alegria em prol dessa mensagem foi lindo. E a mensagem é essa… Se respeitem, se amem, não se julguem… todos precisam ser incentivados a assumir o que são e não serem punidos de nenhuma forma por isso. Por um mundo sem hipocrisia e consequentemente mais honesto e feliz! Feio é não ter caráter, feio é não ter respeito ao próximo… ser gay não… ser gay é apenas ser humano. Muito obrigada por me proporcionarem tamanha experiência. E quero voltar na próxima pra fazer um show inteiro nesse evento surreal! 🌈 (Foto: Silvia Manoela / JCS Produções)

A post shared by anitta 🎤 (@anitta) on

❤️💛💚💙💜 na cara das gayyyyyy

A post shared by anitta 🎤 (@anitta) on

 

Quem também estava na Parada do Orgulho LGBT foi a rainha Daniela Mercury.

Ela fez um show com muito axé e pedidos de respeito, exaltando a diversidade, em um dos trios elétricos. Daniela publicou uma cobertura completa do evento em seu Instagram para aqueles que não puderam estar ali.

O Canto Da Diversidade!!! #ParadaLGBT2017 #empoderamentoGay #DanielaMercury #SAPA #RainhadoAxé

A post shared by Daniela Mercury (@danielamercury) on

Pabllo Vittar foi outra artista que cantou para o público na Parada LGBT, e a cantora estava maravilhosa na Avenida Paulista:

💛💙💜💚💗❤

A post shared by Papelpop (@papelpop) on

// pride ✨🏳️‍🌈💘

A post shared by Pabllo Vittar 🌸💦 (@pabllovittar) on

 

Comentários

Topo