Menu Papel POP
O novo trabalho de estúdio chegou às plataformas digitais nesta sexta-feira, 28 (Thaís Mallon / Divulgação)

Natiruts aposta em colaborações latinas para novo álbum; ouça “Good Vibration – Vol. 1”

O novo álbum de Natiruts, intitulado “Good Vibration – Vol. 1”, está no mundo. Lançado nesta sexta-feira (28), dando continuidade à discografia existente desde a década de 1990, o projeto reúne nove faixas recheadas de parcerias latinas com o intuito de aliviar as tensões do dia a dia na pandemia.

“Poderíamos lançar esse disco em outro momento, mas decidimos falar agora de good vibrations em oposição à falta de ética, de empatia, de organização e de responsabilidade do atual governo brasileiro. Sabemos que quem escuta Natiruts está esperando isso de nós”, explica o vocalista Alexandre Carlo.

“Good Vibration” traz variadas colaborações internacionais com artistas como Pedro Capó, Macaco e Debi Nova, além de Ziggy Marley e a estrela de “Roma” (2018) Yalitza Aparicio. Os brasileiros Carlinhos Brown, IZA, Melim e Planta & Raiz também participam da tracklist. Por vezes, as músicas misturam o habitual reggae do Natiruts com tango, bossa nova e blues.

“A música brasileira e as harmonias da bossa nova sempre estiveram presentes e mescladas no nosso reggae. A participação do Macaco trouxe elementos hispânicos, desde o violão até aquelas palmas características da música flamenca. Foi uma fusão equilibrada que ficou perfeita”, conta o baixista Luís Maurício, se referindo à canção “Rosas”.

O novo projeto chega acompanhado pelo clipe da faixa “Ela”, escrita pelo baiano Djaluz como um reggae romântico com influências da música latina e do blues. O registro traz a atriz Débora Nascimento em cenas filmadas no interior e no exterior do Museu Nacional de Brasília, famoso por suas curvas desenhadas pelo arquiteto Oscar Niemeyer.

Todo o álbum tem mixagem assinada por Tony Maserati, que, além de trazer indicações ao Grammy no currículo, já trabalhou com artistas como Beyoncé e Ariana Grande. Já a masterização fica sob responsabilidade de Felipe Tichauer, engenheiro de som também indicado ao Grammy.

Até 2022, “Good Vibration – Vol. 2” e um documentário sobre a trajetória do grupo devem chegar para completar o pacote.

Comentários

Topo