Menu Papel POP
O festival está marcado para 22 a 29 de abril, na Rússia (Divulgação)

“Os Últimos Dias de Gilda” é a única série brasileira selecionada para o Festival de Moscou

Depois de se tornar a primeira série brasileira a ser selecionada para a Berlinale Series, do Festival de Berlim, “Os Últimos Dias de Gilda” acrescentou mais uma vitória ao currículo. A produção participará do 43º Festival Internacional de Cinema de Moscou como o único seriado brasileiro na mostra dedicada à categoria.

Criada e dirigida por Gustavo Pizzi (“Benzinho”), a série é inspirada na obra homônima de Rodrigo Roure. Karine Teles (“Bacurau“) e Julia Stocker (“A Vida Invisível“) são as estrelas da produção, que aborda o conservadorismo e a aliança entre poder público e religião em quatro episódios.

De acordo com o Festival de Moscou, o seriado “celebra a mulher que corajosamente defende seus princípios de vida” e representa o Brasil, “país que vem se consagrando na categoria, com abordagens originais que passeiam por diversos gêneros, ângulos estilísticos e temáticas”.

Criado em 1935, o festival é um dos mais conceituados do mundo e o segundo mais antigo. A 43ª edição está marcada para 22 a 29 de abril, na Rússia.

Comentários

Topo