Menu Papel POP
Hilary Duff no set da nova série de "Lizzie McGuire" (Reprodução)

Hilary Duff revela que teve dificuldade em conseguir papéis mais adultos após “Lizzie McGuire”

MAIS SOBRE:

Hilary Duff, cuja carreira foi lançada com o sucesso da série teen “Lizzie McGuire”, da Disney, comentou à Cosmopolitan UK as dificuldades que enfrentou para viver papéis mais adultos após o fim do programa.

“Eu definitivamente passei por grandes frustrações de ficar tipo: ‘Por que não posso ter a chance de ser outra pessoa?’. Não que eu queira perseguir todos os diretores de elenco, mas há um pequeno punhado de pessoas que são atores e podem ser contratadas para papéis que são realmente diferentes uns dos outros.”

Ela acrescenta que “dos 21 aos 25 anos, antes de me tornar mãe, havia muita frustração… Eu recebia uma ligação do produtor e eles falavam: ‘Ela é tão ótima e nos deu a melhor leitura e blá blá blah, mas ela é Hilary Duff…’”

Recentemente, a “Lizzie McGuire” ganhou uma nova série que iria no streaming Disney+, contudo os planos mudaram porque o conteúdo não seria “amigável para o público familiar”. Dois episódios foram gravados, mas ainda não têm previsão de ser lançados. A esperança é que a série possa ir ao Hulu (também da Disney), aonde vão os projetos considerados mais “adultos”, como aconteceu com “Love, Victor”.

Sobre reviver a personagem em 2019, Hilary disse que levou um tempo para se sentir preparada a isto: “Eles me perguntaram por anos e anos: ‘Vamos fazer uma nova versão, vamos’, e eu estava tipo: ‘Não, não, não’. Finalmente, no ano passado, eu fiquei: ‘Eu me sinto pronta’.”

O que mudou? “Simplesmente não me aborrece mais quando as pessoas se referem a mim como Lizzie McGuire ou dizem que esse foi o meu maior papel, porque abriu o caminho para todas as outras estradas que pude tomar. ”

Hilary contou que quando as séries “Hannah Montana” e “Os Feiticeiros de Waverly Place” surgiram, ela estava “desesperada para não ser mais McGuire”. Continuou: “Fiquei tão feliz que alguém estava tirando esse lugar de mim.”

Ela não pensou que seria correto aconselhar às recém-chegadas estrelas do canal, Miley Cyrus e Selena Gomez. “Não me parecia certo dar conselhos. Cada um está em sua própria jornada e as coisas com que eles tiveram que lidar eram diferentes. Eles surgiram quando as redes sociais estava começando a estourar.”

Por fim, elogiou a dona de “Midnight Sky”: “Miley é uma potência e tem sido tão corajosa e ousada ao longo de sua carreira. Ela é realmente uma inspiração e saber que eu tive uma influência para ela querer virar uma estrela da Disney é um grande elogio.”

Comentários

Topo