Menu Papel POP

Marina Abramović lançará documentário sobre retorno a Belgrado, cidade em que nasceu

A artista e performer Marina Abrahmović ganhará em breve um documentário que mostra seu reencontro com a cidade de Belgrado, onde nasceu. A visita, registrada em vídeo, aconteceu após mais de 4 décadas de auto-exílio, encerrados pela exposição “The Cleaner”.

Anunciada nesta quarta-feira (12) pela Variety, a produção estreará no Festival de Cinema de Sarajevo, na Sérvia. A expectativa é de que seja lançada logo em seguida na plataforma de streaming VOD.

Com direção de Boris Miljkovic, a ideia do projeto é mostrar como a artista deixou, ainda nos anos 1970, a então Iugoslávia, país na região dos Bálcãs e ex-membro da União Soviética. De lá, Marina partiu em uma jornada que a transformaria em uma das mais aclamadas, influentes e inovadoras artistas do planeta.

Foi durante o período que passou no exterior, recebendo o devido reconhecimento por meio de exposições em Paris, Nova York e Veneza, que Abramović pode finalmente encontrar as validações da própria arte, negadas pela crítica de sua terra natal.

“A minha geração de artistas nunca me aceitou como uma deles”, disse em nota. “Pra eles, é impossível entender que alguém sentado em uma cadeira sem fazer nada pode captar toda a atenção. Eles não entendem o que isso realmente significa, a arte conceitual e o que isso significa pra performance”.

O filme também deve trazer um caráter orgânico visto que grande parte das imagens foi capturada com câmeras manuais. O objetivo era registrar momentos intimistas de Abrahmović enquanto ela mergulhava em reflexões sobre a vida, a carreira e a própria cidade de Belgrado.

“Pra mim, foi legal fazer isso. E eu acho, na verdade, que é isto. Eu cumpri meu dever com o meu país”, disse.

Comentários

Topo