Menu Papel POP
Foto: Reprodução Instagram

Em carta aberta, Megan The Stallion diz ter sofrido tentativa de assassinato

MAIS SOBRE:

Desde o último domingo (12), rumores de que a rapper Megan Thee Stallion teria sido presa surgiram nas redes sociais. Contudo, nesta quarta-feira (15) a cantora veio a público esclarecer o que aconteceu.

Em uma carta aberta, ela revelou ter sofrido uma tentativa de assassinato e esclareceu que nunca foi presa, sendo levada pelos policiais até um hospital para poder fazer a retirada das balas. Confira a tradução do texto abaixo:

A narrativa que está sendo contada sobre os eventos que aconteceram na manhã do último domingo é imprecisa e eu gostaria de esclarecer isso. Na manhã de domingo, eu fui baleada, resultado de um crime cometido contra mim e com a intenção de me machucar. Eu nunca fui presa, os policiais me levaram até o hospital onde eu passei por uma cirurgia para a retirada das balas. Estou incrivelmente grata por estar viva e espero fazer uma recuperação completa, mas é importante que eu esclareça tudo. Estou focada em minha recuperação, para poder retornar minha vida e continuar a fazer música o mais rápido possível.

Que bom que agora está tudo bem! Anteriormente, segundo informações do TMZ, testemunhas ligaram para polícia após uma denúncia de desordem na região de Hollywood Hills, onde tiros foram disparados.

Megan Thee Stallion e o rapper Tory Lanez estavam no local. A cantora teria sido levada para o hospital por conta de ferimento no pé, que supostamente aconteceu em consequência de estilhaço – e agora confirmado por ela. Contudo, ela nunca foi presa, como os rumores diziam.

Comentários

Topo