Menu Papel POP

Elza Soares e Flávio Renegado denunciam o racismo estrutural no clipe potente de “Negão Negra”

Este post não contém tags.

Elza Soares está comemorando os 90 anos da melhor forma! A cantora lançou, na última sexta-feira (24), a faixa “Negão Negra” em parceria a Flávio Renegado, que compôs com Gabriel Moura.

A música mostra a importância de sermos antirracistas e é um grito de luta, orgulho e resistência da população preta. Já nesta quinta (30), ela ganhou um clipe. Elza comentou no Instagram a importância do vídeo:

“Esse clipe expõe nossa dor, mas também celebra o orgulho por nossa ancestralidade. É denúncia, mas é também homenagem aos que perderam suas vidas para o racismo. Dói, mas nós resistimos. Se muitos se juntarem para levar essa mensagem o mais longe possível, teremos feito algo para construir um mundo menos cruel com o povo negro. Agora é hora de ver quem realmente se importa com nossa luta, com nosso flagelo, quem irá nos apoiar.”

No vídeo vemos uma denúncia à violência policial ocorrida principalmente nas favelas, também militantes em manifestações pelos direitos do povo preto. Cartazes, manchetes e imagens de Marielle Franco aparecem. Elza se emociona em uma das imagens, o que deixa a faixa ainda mais vulnerável e crua. Veja abaixo:

No lançamento da faixa, Elza havia dito em comunicado:

“Estamos atravessando um momento chato, mas lutamos contra esse horror do preconceito racial. Para isso canto uma música que fala lindo de nossa Mãe África, uma mamãe preta. O Flávio Renegado é bom demais e pedimos atenção à letra da música: uma letra que deixo ‘modernona’ ao meu jeito”.

Dê stream:

Comentários

Topo