Menu Papel POP

J.K. Rowling doa £1 milhão para ajudar os mais afetados pela pandemia de COVID-19

A autora J.K. Rowling foi ao Twitter neste sábado (2) comemorar com os fãs o dia da batalha final de “Harry Potter“. Na ocasião, ela explicou que este ano, excepcionalmente, não vai revelar algumas curiosidades sobre a saga porque acha “inapropriado falar de mortes fictícias, enquanto muitos estão perdendo entes queridos no mundo real”.

Para ajudar os mais afetados pela pandemia de COVID-19, a artista ainda aproveitou a oportunidade para anunciar uma doação de £1 milhão (cerca de R$6,8 milhões) às instituições Crises e Refuge Against Domestic Violence.

Confira:

“Então, nesse aniversário da grande vitória bruxa, estou pensando naqueles que estão lá fora fazendo seus trabalhos para proteger a nós e nosso estilo de vida.Tenho três trabalhadores essenciais na minha família imediata, e como todos na mesma situação, estou dividida entre orgulho e ansiedade

“Como acontece em crises do tipo, os mais pobres e vulneráveis são os mais atingidos. Então, em honra da Batalha de Hogwarts, estou fazendo uma doação de £1 milhão. Metade vai para a Crisis, que está ajudando os sem-teto durante a pandemia”

“E a outra metade vai para a Refuge Against Domestic Violence, porque sabemos que, infelizmente, a violência doméstica aumentou bastante durante o confinamento”

Ao todo, a saga “Harry Potter” teve sete livros. Todos eles foram adaptados em filmes feitos pela Warner Bros. entre 2001 e 2011. Devido ao sucesso da franquia, J.K. Rowling trabalha agora em novas histórias do mundo bruxo com “Animais Fantásticos“, que deve ter seu terceiro longa gravado no Rio de Janeiro.

Comentários

Topo