Menu Papel POP

Pabllo Vittar conta ao Podcast Wanda detalhes da turnê de “111”: “Reformulamos tudo”

O episódio de Um Milkshake Chamado Wanda desta quinta-feira (2) está ilustríssimo! Nossa convidada especial é ninguém menos que a lenda Pabllo Vittar, que direto de sua casa em Uberlândia falou com Marina, Samir e Phelipe.

Com “111” quebrando todos os recordes e fazendo a galera dançar (em casa), nós quisemos saber o que a artista vinha preparando para a turnê do álbum, que tinha até o fim do primeiro semestre de 2020 datas marcadas em países como Chile, Argentina e Estados Unidos.

A maioria das datas foi reagendada para o segundo semestre em virtude da pandemia de coronavírus, o que significa que o show segue firme (e fresquinho!). Em resposta, a drag disse que seu espetáculo, já em fase final de pré-produção, foi repaginado da primeira à última música.

“Essa turnê, a ‘111’, vai ser uma turnê completamente nova. A gente reformulou todas as músicas, todas as coreografias, os telões, as interludes, o ballet, as entradas, as coreografias… e a gente ia começar isso. Eu não sou a Madonna que muda de turnê e de ballet. Ouviu Madonna? (risos) Tá ficando linda, a tour. A Flávio Verne, que é minha coreógrafa, já tava em Los Angeles ensaiando um ballet de lá pro Coachella. A gente já ia começar os ensaios daqui, tínhamos muito pouco tempo na verdade porque tínhamos Lollapalooza Chile, Argentina e Brasil, depois sair correndo pra Nova York… já estávamos preparados. Mas a quarentena fez com que todos tivéssemos que ficar em casa”.

Claro que quisemos saber mais a respeito de sua participação no festival Coachella, que reúne alguns dos palcos de maior prestígio do mundo. Como rolou esse convite? É preciso fazer charme na hora de topar?

“Eu fico arrepiada, brigada Brasil! Menina, todo mundo viu que ano passado eu tava lá beijando todo mundo e eu disse ‘Ano que vem eu vou cantar aqui’. (…) Eu não sei como é que funciona, é o meu pai que lida com essas coisas. A gente tem lá em L.A., um escritório que cuida de todos os contratos globais e eles passam pra gente. [Sobre a demora para responder] Não, tá louca? (risos) Eu tô muito ansiosa, fiquei triste com o adiamento e temos que seguir as recomendações. Mas em outubro vamos arrasar”

Pabllo, que volta e meia grava vídeos dançando em casa de salto alto, disse por outro lado que os dias de isolamento social têm sido de muita faxina e auto-cuidado.

“Tô cuidando da minha pele, tô fazendo pencas skin care. Minha pele respirando como nunca. Carnaval a pele da gente só falta virar argamassa (risos)”.

Foram muitos assuntos! Ela também falou sobre as paradas queer que fez no exterior, sobre o último boy que pegou antes da quarentena (!) e ainda contou que não se disfarça pra sair na rua. Bem, melhor do que a gente ficar aqui contando é você ouvir. Pra dar play no episódio completo, que já está no ar, basta clicar no ícone abaixo.

Comentários

Topo