Menu Papel POP

Astro do country, Kenny Rogers, morre aos 81 anos

MAIS SOBRE:

Kenny Rogers, astro da música country norte-americana, morreu aos 81 anos na noite desta sexta-feira (20), em Sandy Springs, na Geórgia.

O artista teve uma carreira musical de sucesso, a qual durou seis décadas, e conta com grandes hits como “The Gambler” e “Coward of the county”. Em comunicado para a imprensa, seu assessor, Keith Hagan, comentou que Rogers estava sob cuidados paliativos.

“Rogers partiu em paz, em casa. Ele morreu de causas naturais, cercado por seus entes queridos”,

A família irá organizar uma cerimônia de despedida, sem que seja relacionada “à situação nacional de emergência causada pela pandemia de COVID-19”.

Kenny fez história na indústria musical e a deixa “com musicas que tocaram a vida de milhões de pessoas em todo o mundo”, diz Hagan. Ao longo da carreira, ele ganhou três prêmios Grammy e vendeu milhões de discos ao redor do globo.

Seus destaques são o álbum “The Gambler” e o filme de mesmo nome, estrelado pelo próprio. Também, claro, sua parceria com Dolly Parton na clássica “Islands In The Stream”. Ambos mantiveram a amizade por mais de 30 anos.

Dolly comentou em seu Twitter:

“Bem, eu não podia acreditar nesta manhã quando me levantei, liguei a TV para ver como andava a crise do coronavírus e eles disseram que meu amigo e parceiro, Kenny Rogers, havia falecido. E eu sei que todos sabemos que Kenny está em um lugar melhor do que estamos hoje, mas tenho certeza de que ele estará conversando com Deus em algum momento, se ainda não estiver, e pedirá a ele que espalhe alguma luz nesta escuridão que vivemos aqui. Eu amei Kenny com todo o meu coração. Meu coração está partido. Um grande pedaço disso foi com ele hoje e acho que posso falar por toda sua família, seus amigos e fãs, quando digo que sempre o amarei.”

Descanse em paz, Kenny.

Comentários

Topo