Menu Papel POP

Os momentos em que Ludmilla nos deixou morrendo de orgulho em 2019

MAIS SOBRE:

Eleita a cantora do ano pelo Prêmio Multishow, Ludmilla não parou de colecionar feitos importantes em 2019. Desde que lançou o DVD “Hello Mundo”, no primeiro semestre, a artista emplacou hits, fez parcerias internacionais, tocou música no desfile da Rihanna… a aclamação, meu pai! 

Para celebrar os destaques dessa hitmaker separamos uma lista com algumas de suas realizações. Todas aquelas que nos deixaram caidinhos de orgulho <3

1. Show dos famosos 

No início do ano, antes mesmo de embalar o público com o lançamento seu primeiro DVD ao vivo, Ludmilla mostrou todo seu talento vocal no quadro “Show dos Famosos”, do Domingão do Faustão. 

Com inúmeras performances de tirar o folego, a cantora interpretou grandes nomes da música nacional e internacional, derrotando na final do programa artistas como Diogo Nogueira, Solange Almeida e Hugo Bonemer, tornando-se assim, ao lado de Di Ferrero, a grande vencedora da competição.

Com versões de divas como Beyoncé, Rihanna, Sandra de Sá e Anita Baker – que inclusive agradeceu a homenagem – a carioca surpreendeu mesmo foi quando viveu uma das vozes mais marcantes deste país, Deise Cipriano. Cantando o hit “Jeito Sexy (Shy Guy)”, do grupo Fat Family, Ludmilla alcançou um novo patamar na disputa dominical trilhando o caminho inevitável da vitória. 

2. Hello Mundo

Embora tenha sido gravado em fevereiro, foi em maio que a funkeira resolveu colocar na rua o seu primeiro DVD ao vivo, “Hello Mundo”, mostrando que é uma super estrela da música nacional. 

Gravado no Rio de Janeiro, a produção contou com os principais hits da carreira de Lud, além de parcerias com Anitta, Jão, Simone e Simaria, Ferrugem e Léo Santana. Vale ressaltar que a ex-MC Beyoncé também resolveu homenagear sua diva Queen B e regravou o sucesso “Halo”. Lindo demais!

Ao todo, o compilado conta com 24 faixas e mais de 70 minutos de música. Todas as gravações estão disponíveis nas plataformas de streaming e no canal do YouTube da cantora.

3. Invocada

Quando o assunto é lançar música chiclete, Ludmilla não brinca em serviço. Melhor ainda é quando a canção vem acompanhada de um feat. Neste caso, foi a vez do queridinho do pagodão baiano, Leo Santana se juntar à artista, unindo a ginga de salvador ao rebolado carioca. 

Para coroar de vez o poder viral da faixa “Invocada”, uma coreografia fez com que ninguém ficasse parado. Sendo assim, rapidamente, inúmeros vídeos tomaram conta das redes com fãs repetindo os passos dos músicos.

Vale dizer, que entre as músicas de Ludmilla lançadas em 2019, esta possui o maior número de visualizações no youtube. 

4. SAVAGE X FENTY 

A segunda metade do ano continuou sendo marcada por momentos inesquecíveis tanto para a cantora, quanto para seus fãs. Dessa vez, com a chegada do mês de setembro chegou também o momento de romper barreiras. 

Imagine estar em casa e do nada ficar sabendo que sua música está tocando em um desfile da marca da Rihanna. Pois é, foi o que aconteceu com Ludmilla. Durante a apresentação da nova coleção da marca Savage X Fenty, na semana de moda de Nova York, o sucesso “Malokeira” de Ludmilla, MC lan, Srillex e Ty Dolla foi um dos responsáveis por embalar um ato inteiro do evento. 

No dia em que o desfile foi disponibilizado na Amazon Prime Video, Rihanna, em seu twitter, fez questão de exaltar a música brasileira. “As janelas foram literalmente um dos meus momentos favoritos! E essa música! Música brasileira é muito foda”, escreveu Rihanna.

5. SUPEROU O MEDO DE ANDAR DE MOTO 

Já faz quase uma década desde que Ludmilla nos brindou com um dos memes mais populares da internet. Em entrevista ao programa “De frente com Gabi”, apresentado por Marilia Gabriela, no SBT, ela foi questionada sobre seu grande medo. Em resposta, a artista não hesitou e soltou a pérola “Cair de moto e se ralar”. No entanto, em 2019 esse medo foi mais do que superado. 

Resultado de imagem para ludmilla gif moto

Ao ser convidada para tomar um café da manhã junto com Ana Maria Braga no Mais Você, Lud acabou se atrasando e teve que contar com um moto-táxi para garantir sua chegada aos estúdios Globo. Nos stories do Instagram ela mostrou sua saga até chegar na entrevista.

Vale dizer que, recentemente, Lud comentou sobre o episódio icônico. “Se a Marília Gabriela me perguntasse qual é o meu maior medo hoje, eu ia responder: meu maior medo, é do meu coração ficar duro e passar o resto da vida isolada com medo das pessoas, por ter se decepcionado com tantas”.

6. Rock In Rio 2019

“Funk é cultura, é raiz, o funk salva vidas”. Esse é um dos trechos de agradecimento da cantora carioca após se apresentar pela primeira vez no Rock in Rio. Participando de uma homenagem aos 30 anos de funk, ela foi uma das artistas que comandou o palco Sunset, ao lado de Fernanda Abreu, Buchecha e Funk Orquestra, regida por Eder Paolozzi. 

Lud, se emocionou ao levar ao público alguns de seus grandes hits como, “Favela Chegou”, e “Onda Diferente”. Fez a Cidade do Rock tremer e mostrou que comandar uma plateia não é um trabalho dispendioso.

7. Parceria com a Cardi B 

Desenhando os rumos de sua carreira internacional, a voz de “Cheguei” surpreendeu os fãs e anunciou que gravou uma parceria com a rapper Cardi B. Após alguns meses de elogios nas redes sociais, stories da americana curtindo funks e rendendo elogios à carioca, o encontro entre as artistas finalmente rolou. 

Sem muitos detalhes sobre data de lançamento ou, até mesmo, o idioma em que será cantada, a faixa é o pontapé de Ludmilla no mercado internacional. No entanto, durante o post, emocionado, em seu instagram, a própria artista afirmou que esse nunca foi o seu objetivo. “Quem me acompanha sabe que nunca foquei em carreira internacional”, comentou a artista. Ela também aproveitou para agradecer a Deus, a família e seus fãs.

8. EP de pagode!

Que Ludmilla é uma artista versátil todo mundo já sabe, mas quem poderia imaginar que a cantora iria sugerir a gravação de um projeto inteiro de pagode? Bem, por enquanto, a proposta ainda não chegou até o público, mas tudo indica que a ideia deve mesmo sair do papel, ou melhor do twitter. 

Sempre demonstrando o amor por um dos gêneros musicais mais populares do país, os pedidos para que a cantora fizesse um EP de pagode surgiu após algumas postagens da artista. Em um clima descontraído, na própria casa e cercada de amigos, Ludmilla soltou a voz e apostou em uma roda de pagode. O resultado? Gostinho de quero mais. 

Danada que só, não demorou para funkeira juntar o útil ao agradável e propor um desafio aos fãs. Caso vencesse o Prêmio Multishow de Melhor Cantora lançaria o projeto. 

Como promessa é dívida, Lud já confirmou que as músicas de pagode estão a caminho. 

Vale lembrar que a cantora já tem parcerias com vários artistas de pagode como Belo, Ferrugem, Dilsinho e Thiaguinho.

9. Prêmios 

“Desculpa a emoção, mas eu queria agradecer a Deus primeiramente e esse choro aqui é um choro de uma luta muito grande, muito longa, que estava preso dentro de mim. Não esperava isso nunca! Melhor cantora do ano…  Só queria dizer pra todas meninas, mulheres, todas as pessoas periféricas que nunca deixe alguém falar o que você é. Se tem um sonho, lute como uma garota e vão atrás dele. Quero agradecer todo mundo e até as vaias. Elas me fazem sempre pensar no que eu gostaria ou não que fizessem com as pessoas”.

Esse foi o discurso que Ludmilla fez ao subir, pela segunda vez, ao palco do Prêmio Multishow. Na ocasião, ela recebeu o troféu de Melhor Cantora do Ano. Antes desse momento, no entanto, a artista já havia recebido o prêmio de música chiclete pelo hit “Onda Diferente”, uma parceria sua com Anitta, Papatinho e Snoop Dogg.

Em uma situação constrangedora, vaias foram direcionadas a Lud, que não se deixou abater e rebolou na cara dessa situação. 

10. “Verdinha”

Irreverente, espertinha e com muito talento, a hitmaker lançou, no finalzinho de novembro, sua aposta para música do verão, o single Verdinha. Abusando do duplo sentido a faixa já nasceu um sucesso e incomodou até políticos, caso do deputado federal Cabo Junio Amaral, do PSL-MG. 

Ele teria registrado uma notícia-crime contra Ludmilla na Polícia Federal solicitando uma investigação por apologia às drogas, devido a possível referência que a música faz ao cultivo de maconha. 

Tirando de letra essa situação, a cantora não ficou calada e rebateu o deputado em seu Twitter.

Vale mencionar que Verdinha rapidamente entrou para as principais playlists do país no Spotify. Já deu seu stream hoje?

O que esperar para 2020? 

Tudo indica que o próximo ano também será um ano especial para Lud. Em janeiro, por exemplo, a cantora se aventura como apresentadora do programa SóTocaTop, da rede Globo. Ao lado de Mumunzinho, a artista deve receber cantores em um cenário banhado pelas águas da Baía de Guanabara. Isso porque a edição especial de verão será gravada na Marina da Glória, localizada no Rio de Janeiro. Mal podemos esperar para assistir!

 

*Colaborou Jader Theóphilo

Comentários

Topo