Menu Papel POP

Confira os vencedores do Grammy Latino 2019!

MAIS SOBRE:

Na noite desta quinta-feira (14), aconteceu em Las Vegas a 20ª edição do Grammy Latino. Artistas como Anitta, o duo Anavitória, Rosalía, Priscilla Alcantara e muitos outros grandes nomes foram participar da grande festa.

A música brasileira foi super bem representada, com muitas indicações. Marília Mendonça levou o prêmio ‘Melhor Álbum de Música Sertaneja’ por “Em Todos Os Cantos”. BaianaSystem faturou a honra de ‘Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa’ por “O Futuro Não Demora”.

Tiago Iorc também ganhou um gramofone de ‘Melhor Canção em Língua Portuguesa’ por “Desconstrução”. E quem varreu a premiação foi ninguém mais, ninguém menos que Rosalía! A espanhola garantiu o maior prêmio da noite de ‘Álbum do Ano’ por “El Mal Querer” – além de ter faturado ‘Melhor Álbum Pop Contemporâneo’ e ‘Melhor Arte Visual’, ‘Melhor Canção Urban’ por “Con Altura”.

Álbum do Ano
“Visceral” – Paula Arenas
“Paraíso Road Gang” – Rubén Blades
“Cargar La Suerte” – Andrés Calamaro
“Agustín” – Fonseca
“Vida” – Luis Fonsi
“El Mal Querer” – Rosalía – VENCEU
“#ELDISCO” – Alejandro Sanz
“Dónde Bailarán Las Ninas” – Ximena Sariñana
“Mas de Mi” – Tony Succar
“Fantasía” – Sebastían Yatra

Artista Revelação
Aitana
Burning Caravan
Cami
Fer Casillas
Chipi Chacón
Elsa y Elmar
Greeicy
Juan Ingaramo
Paulo Londra
Nella – VENCEU

Gravação do Ano:
“Parecen Viernes” — Marc Anthony
“Verdades Afiladas” — Andrés Calamaro
“Ahí Ahí” — Vicente García
“Kitipun” — Juan Luis Guerra 4.40
“Querer Mejor” — Juanes Featuring Alessia Cara
“La Plata” — Juanes Featuring Lalo Ebratt
“Aute Couture” — Rosalía
“Mi Persona Favorita” — Alejandro Sanz & Camila Cabello – VENCEU
“No Tengo Nada” — Alejandro Sanz
“Cobarde” — Ximena Sariñana

Música do Ano:
“Calma” — Pedro Capó, Gabriel Edgar González Pérez & George Noriega, songwriters (Pedro Capó) – VENCEU
“Desconstrução” — Tiago Iorc, songwriter (Tiago Iorc)
“El País” — Rubén Blades, songwriter (Rubén Blades)
“Kitipun” — Juan Luis Guerra, songwriter (Juan Luis Guerra 4.40)
“Mi Persona Favorita” — Camila Cabello & Alejandro Sanz, songwriters (Alejandro Sanz & Camila Cabello)
“No Tengo Nada” — Alejandro Sanz, songwriter (Alejandro Sanz)
“Quédate” — Kany García & Tommy Torres, songwriters (Kany García & Tommy Torres)
“Querer Mejor” — Rafael Arcaute, Alessia Cara, Camilo Echeverry, Juanes, Mauricio Montaner, Ricardo Montaner & Tainy, songwriters (Juanes Featuring Alessia Cara)
“Un Año” — Mauricio Rengifo, Andrés Torres & Sebastián Yatra, songwriters (Sebastián Yatra Featuring Reik)
“Ven” — Fonseca, songwriter (Fonseca)

Melhor Álbum Pop Vocal Contemporâneo:
“Montaner” – Ricardo Montaner
“Balas Perdidas” – Morat
“El Mal Querer” – Rosalía – VENCEU
“#ELDISCO” – Alejandro Sanz
“Fantasía” – Sebastián Yatra

Melhor Álbum Pop Vocal Tradicional:
“Visceral”- Paula Arenas
“Rosa” – Cami
“Hacia Adentro” – Camila
“Agustín” – Fonseca – VENCEU
“Sentimientos” – Pavel Núñez

Melhor Música Pop:
“Bailar” — Leonel García, songwriter (Leonel García)
“Buena Para Nada” — Paula Arenas, Luigi Castillo & Santiago Castillo, songwriters (Paula Arenas)
“Mi Persona Favorita” — Camila Cabello & Alejandro Sanz, songwriters (Alejandro Sanz & Camila Cabello) – VENCEU
“Pienso En Tu Mirá” — Antón Álvarez Alfaro, El Guincho & Rosalía, songwriters (Rosalía)
“Ven” — Fonseca, songwriter (Fonseca)

Melhor Fusão/Interpretação Urbana:
“Tenemos Que Hablar” — Bad Bunny
“Calma (Remix)” — Pedro Capó & Farruko – VENCEU
“Pa’ Olvidarte (Remix)” — ChocQuibtown, Zion & Lennox, Farruko Featuring Manuel Turizo
“Con Calma” — Daddy Yankee Featuring Snow
“Otro Trago” — Sech Featuring Darell

Melhor Álbum de Música “Urban”:
Kisses — Anitta
X 100PRE — Bad Bunny – VENCEU
Mi Movimiento — De La Ghetto
19 — Feid
Sueños — Sech

Melhor Canção “Urban”:
“Baila Baila Baila” — Ozuna
“Caliente” — De La Ghetto Featuring J Balvin
“Con Altura” — Rosalía & J Balvin Featuring El Guincho – VENCEU
“Otro Trago” — Sech Featuring Darell
“Pa’ Olvidarte” — ChocQuibTown

Melhor Álbum de Música Alternativa:
Latinoamericana — Alex Anwandter
Discutible — Babasónicos
Bach — Bandalos Chinos
Prender Un Fuego — Marilina Bertoldi
Norma — Mon Laferte – VENCEU

Melhor Álbum Tropical:
Andrés Cepeda Big Band (En Vivo) — Andrés Cepeda – VENCEU
Vereda Tropical — Olga Cerpa y Mestisay
Lo Nuestro — Yelsy Heredia
A Journey Through Cuban Music — Aymée Nuviola
La Llave Del Son — Septeto Acarey

Melhor Álbum de Cantor-Compositor:
Acústica — Albita
Contra El Viento — Kany García – VENCEU
Amor Presente — Leonel García
Algo Ritmos — Kevin Johansen
Intuición — Gian Marco

Melhor Video Musical Versão Longa:
“Anatomía De Un Éxodo” — Mastodonte
“Piazzolla, Los Años Del Tiburón” — Astor Piazzolla
“Hotel De Los Encuentros” — Draco Rosa
“Lo Que Fui Es Lo Que Soy” — Alejandro Sanz – VENCEU
“Déjame Quererte” — Carlos Vives

Melhor Vídeo Musical Versão Curta:
“Boca de Lobo” – Criolo (Denis Cisma & Pedro Inoue, video directors; Saigon
Filmes, video producer [Saigon Filmes])
“Me Solta” – Nego Do Borel Featuring Dj Rennan Da Penha (Kondzilla, video director; Kondzilla, video producer [Sony Music Brasil])
“Banana Papaya” – Kany García & Residente (Kacho López, video director; Tristana Robles, video producer [Sony Music Entertainment US Latin LLC / Producción Audiovisual LLC]) – VENCEU
“Los Zurdos Mueren Antes” – Nach (Willy Rodriguez, video director; Willy Rodriguez, video producer [Universal Music Spain, S.L.U.])
“Vivir Los Colores” – Todo Aparenta Normal (Mariano Dawidson, video director; Dawidson Films, video producer [S-Music])

Melhor Arte Visual:
“Anónimas Y Resilientes” – Voces Del Bullerengue
“Astronauta” – Zahara
“El Mal Querer” – Rosalía – VENCEU
“Lição #2: Dorival” – Quartabê
“Nuclear” – Leiva

Melhor Álbum de Música Cristã (Língua Portuguesa):
“Gente” – Priscilla Alcântara
“Sagrado” – Adriana Arydes
“Guarda Meu Coração” – Delino Marçal – VENCEU
“Preto no Branco 3” – Preto No Branco
“360º” – Eli Soares

Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa:
“O Tempo é Agora” – Anavitória – VENCEU
“Tarântula” – As Bahias e a Cozinha Mineira
“TODXS” – Ana Cañas
“Para Dias Ruins” – Mahmundi
“Selfie” – Jair Oliveira

Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa:
“Vulcão” – The Baggios
“O Futuro Não Demora” – BaianaSystem – VENCEU
“O Céu Sobre a Cabeça” – Chal
“Goela Abaixo” – Liniker e Os Caramelows
“Matriz” – Pitty

Melhor Álbum de Samba/Pagode:
“Canta Sereno e Moa” – Nego Álvaro
“Mart’Nália Canta Vinícius de Moraes” – Mart’nália – VENCEU
“De Todos os Tempos” – Monarco
“Em Sua Direção” – Péricles
“Anaí Rosa Atraca Geral Pereira” – Anaí Rosa

Melhor Álbum de Música Popular Brasileira:
“O Amor no Caos” – Zeca Baleiro
“Canta Tito Madi” – Nana Caymmi
“Tudo É Um” – Zélia Duncan
“Tempo Mínimo” – Delia Fischer
“Ok Ok Ok” – Gilberto Gil – VENCEU
“Besta Fera” – Jards Macalé

Melhor Álbum de Música Sertaneja:
“Hora Certa” – Paula Fernandes
“Francis & Felipe” – Francis & Felipe
“Em Todos Os Cantos” – Marilia Mendonça – VENCEU
“Live Móvel” – Luan Santana
“Ao Vivo em São Paulo” – Mano Walter

Melhor Álbum de Música de Raízes em Língua Portuguesa:
“AJO” – Foli Griô Orquestra
“Macumbas e Catimbós” – Alessandra Leão
“Hermeto Pascoal e sua Visão Original do Forró” – Hermeto Pascoal – VENCEU
“O Ouro do Pó da Estrada” – Elba Ramalho
“Rei Caipira” – Zé Mulato & Cassiano

Melhor Canção em Língua Portuguesa:
“Ansiosos Pra Viver” – Mestrinho
“Desconstrução” – Tiago Iorc – VENCEU
“Eérea” – Criolo
“Mil e Uma” – Claudia Brant Featuring Arnaldo Antunes
“Sem Palavras” – António Zambujo

Comentários

Topo