Menu Papel POP

Falamos com o Koba, ex-Restart, sobre seu novo single, “Do Meu Quarto”!

MAIS SOBRE:

O músico Koba lançou no finzinho do mês de outubro seu primeiro single solo, “Do Meu Quarto”. Ex-membro do Restart, o artista agora vem com uma estética musical mais acústica e intimista, com temas sobre o valor dos relacionamentos cotidianos.

Esse é o primeiro trabalho solo do boy, que se juntou à escola de inovação Coexiste Consultoria Existencial, à qual deve parte de suas transformações recentes, onde fundou um selo de lançamentos musicais. A gente entrevistou o cantor e compositor sobre o novo trabalho. Vem ver:

Qual a sensação de agora estar lançando músicas como um artista solo?
Nunca saí do meio musical, mas fiquei mais na parte de produção por um tempo, porque sentia que tinha perdido o propósito. Agora, sinto estar mais certo do que estou fazendo no projeto depois de tantas transformações pelas quais passei. Quero compartilhar os ensinamentos dessas transformações como um serviço mesmo, porque a música é sempre algo que toca o coração.

Como você se vê como um artista agora?

Foi um processo de amadurecimento muito grande. Comecei a fazer música com 12 anos. Sou muito grato a toda história e aos ensinamentos aos quais me permiti. Todo artista precisa saber com quem e por que está falando algo no seu trabalho e isso agora está mais claro pra mim.

Quais artistas te inspiraram?

Nossa, são tantos! Nessa música nova, “EMEM”, tem um violão que conduz a música, construído de um dedilhado. E acho que isso vem bastante de Jonni Mitchell e John Mayer. Os artistas mais antigos me inspiram muito. Escuto de tudo, mas tem pessoas que são muito valiosas. Assim como o Bob Dylan. Escutei muito rock, por exemplo, Guns e Led Zepelin são as bandas que mais escutei na vida. 

Você tem um trabalho bem massa produzindo audiovisual também. Qual o papel do audiovisual na sua música?

Elas sempre andaram juntas. Na época do Restart, eu cuidava do design de tudo. Fiz outros clipes da Coexiste Music, nosso selo, fiz a direção de fotografia inclusive.

O que mais a gente pode esperar?

O Coexiste Music é um movimento cultural, então a gente pensa vários artistas num planejamento coletivo de lançamentos. A ideia é não parar, então logo devo lançar um vídeo acústico de “Do Meu Quarto”.

 

Vem ouvir a música com a gente:

 

Comentários

Topo