Menu Papel POP
"APKÁ", LP mais recente, chegou ao streaming em 2019 (Foto: Divulgação)

Céu fala de amor e flerta com os anos 1980 em “Apká!”, seu novo disco!

MAIS SOBRE:

Num dia de sol as cores parecem estar tão reais, tão belas… tal qual é a voz da Céu. Na madrugada desta sexta-feira (13) a cantora pegou os fãs de surpresa com o lançamento de “Apká!”, seu quinto álbum de estúdio.

O título pode até parecer estranho, mas é bem familiar pra cantora: surgiu a partir de um grito balbuciado por seu segundo filho, Antonino. Da mesma forma como esta situação ressignificou seu humor, a cantora quis transmitir ao público uma nova porção de amor, capaz de transformar o mais sombrio estado de espírito.

Com produção musical orquestrada por Pupillo e Hervé Salters, tecladista do grupo francês General Elektriks, as novas canções dialogam bastante com seu trabalho anterior, o elogiado “Tropix”. Por outro lado, é possível enxergar em “APKÁ!” novos caminhos sonoros sendo trilhados.

Há no disco convites pra dançar, como acontece em “Coreto”, uma faixa que usa lavas de vulcão como metáfora para o amor. Esta, aliás, foi a primeira música a ganhar um clipe. Assim como acontece em “Nada Irreal” e “Forçar o Verão”, ela cai de vez no tecnopop dos anos 1980 – inclusive visualmente, ao mostrar na narrativa cenas captadas em uma balada.

Entre as parcerias está a balada “Make Sure Your Head Is Above”, composta pelo vocalista da banda Boogarins, Dinho Almeida; “Eye Contact”, uma canção extremamente sensual feita em parceria com Tropkillaz; e “Pardo”, composição inédita de Caetano Veloso.

Pra celebrar esse nascimento, a cantora liberou na manhã de hoje o primeiro clipe desta era, “Coreto

Comentários

Topo