Menu Papel POP

Britney Spears teria sido internada para introduzir novo coquetel de medicamentos

MAIS SOBRE:

Muito tem se discutido no último mês sobre a mais recente internação de Britney Spears numa clínica psicológica. Ontem (22), fãs da cantora deram início ao protesto “Free Britney” para pedir que ela fosse liberada, alegando que ela estivesse sendo mantida contra sua vontade na clínica.

Agora, o TMZ afirma que Britney está internada devido à introdução de um novo coquetel de medicamentos para o tratamento de sua saúde mental. Os antigos remédios combinados especialmente para Spears teriam perdido os efeitos sobre a artista, e os médicos estariam desenvolvendo um novo conjunto de medicamentos.

O processo para a introdução desse novo coquetel é, segundo o site, um pouco complicado. Primeiro os profissionais teriam que tirar Britney dos remédios que ela estava acostumada a tomar. Isso não pode ser feito de maneira rápida, pois existe um risco de suicídio, caso não seja feito da maneira correta.

Então, foi criado o novo coquetel, mas isso é um jogo de tentativa e erro, nunca se sabe qual efeito as drogas vão produzir sobre o paciente. E parece que, neste caso, a combinação deixou a cantora instável.

Foi durante esse processo que Britney Spears foi internada na clínica psiquiátrica. E o site afirma que os médicos finalmente chegaram na mistura correta dos remédios necessários para manter a artista saudável.

No domingo de Páscoa (21), Spears recebeu um dia longe da clínica para passar com seu namorado, Sam Ashgari, em Beverlly Hills, quando ela foi fotografada deixando um hotel da região. No mesmo dia, ela voltou para a internação.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Britney Spears got an Easter day pass and was seen leaving the Montage hotel with boyfriend Sam Asghari. #tmz #britneyspears #easter #beverlyhills 📷 Backgrid

Uma publicação compartilhada por TMZ (@tmz_tv) em

O TMZ aponta, também, que Jamie Spears, pai de Britney, não estaria mantendo a cantora internada de maneira forçada. O tipo de guarda legal que ele tem sobre Britney, por meio de tribunal, não permite que o guardião force alguém a ser internado.

É dito, ainda, que Jamie não queria que a filha fosse colocada numa clínica, porque isso iria vazar para a mídia e ele achava que havia maneiras melhores de resolver seus problemas. Britney é quem realmente teria tomado a decisão final.

Comentários

Topo