Menu Papel POP

Filme sobre violência de gênero é o grande vencedor do César, o Oscar francês; vem ver o trailer!

MAIS SOBRE:

Enquanto Hollywood ferve neste fim de semana com os preparativos para a entrega do Oscar (podemos falar? Estamos sedentos também!), rolou na noite desta sexta-feira (22) a entrega do César, o Oscar francês.

A noite foi de surpresas e o grande vencedor deste ano foi o drama “Custódia“, que levou para casa quatro estatuetas, entre elas a de Melhor Filme. O longa, que foi lançado no Brasil em meados do ano passado, traz a violência de gênero como tema central.

Na narrativa, o casal Miriam e Antoine resolvem se divorciar. A mãe solicita então à Justiça francesa que a guarda do filho pertença integralmente a ela, já que ela acusa o marido de ser agressivo. O juiz, entretanto, resolve compartilhar entre os dois a custódia do garoto – o que origina sérias consequências.

Ontem, durante a entrega do prêmio de Melhor Diretor, o cineasta Xavier Legrand, fez um discurso super emocionado, trazendo números e ressaltando a importância de produções que tratem sobre o assunto e sejam feitas por mulheres.

Espia só:

“Parabenizo todas as mulheres, especialmente as feministas, que escrevem, atuam, elevam a voz e defendem diariamente a causa feminina, desafiando todos os tipos de represálias. Quando rodamos o filme, em 2016, 123 mulheres foram mortas pelo companheiro ou pelo ex-companheiro. Ao longo de 2019, outras 25 foram assassinadas, o que quer dizer que se matou uma mulher a cada dois dias. Em 2016 isso acontecia a cada três”.

Assista ao trailer:

Comentários

Topo