Menu Papel POP

Mallu Magalhães pede desculpas pelo clipe de “Você Não Presta”: “é uma oportunidade de aprender”

MAIS SOBRE:

Na tarde desta quarta-feira (24), Mallu Magalhães finalmente se pronunciou sobre a polêmica em torno do clipe de “Você Não Presta”, seu último single. Pelo Facebook, a cantora pediu desculpas a quem se ofendeu com o vídeo e atribuiu as críticas que o acusam de racismo as “diferentes interpretações” que a arte pode ter.

“A arte é um território muito aberto e passível de diferentes interpretações e, por mais que tentemos expressar com precisão uma ideia, acontece de alguns significados, às vezes, fugirem do nosso controle”, disse Mallu no comunicado, que teve mais de 10 mil likes em poucas horas. “Sei que o racismo ainda é, infelizmente, um problema estrutural e muito presente. Eu também o vejo, o rejeito e o combato.”

Bruno Constante: Afinal, o clipe da Mallu é racista?

No texto, Mallu se diz triste com a situação e afirma que a sua real intenção com o clipe era que os dançarinos despertassem nas pessoas a vontade de dançar e de se expressar.

“Mas […] agradeço a todos por terem se expressado. E reitero o meu pedido de desculpa. É uma oportunidade de aprender. Espero que, após este esclarecimento, seja aliviado deste espaço de conversa qualquer sentimento de ofensa ou injustiça, ficando os fundamentos nos quais tanto acredito: a dança, a arte e o convite à música”

Leia abaixo o comunicado na íntegra:

https://www.facebook.com/mallumagalhaes/posts/10156165869292926

O QUE ROLOU? Desde a última sexta (19), quando foi lançado, o clipe de “Você Não Presta” foi alvo de crítica por, por exemplo, mostrar negros dançando com óleo no corpo – como numa hipersexualização da raça. Além disso, Mallu parece distanciada dos dançarinos. Você pode tirar suas próprias conclusões dando play aqui:

E aí, o que você achou da resposta da Mallu?

Comentários

Topo