Menu Papel POP

Robert De Niro sobre Trump eleito: “Eu não posso mais dar um soco nele”

Durante a corrida eleitoral para a presidência dos EUA, Robert De Niro declarou que gostaria de dar um soco na cara de Donald Trump. Ontem à noite (09/11), enquanto participava do programa de Jimmy Kimmel, ele foi questionado se irá botar o desejo em prática.

*Série de David O. Russell com Julianne Moore e Robert De Niro ganha duas temporadas na Amazon

*Jennifer Lawrence escreve carta sobre eleição de Trump: “Não tenha medo, faça-se ouvir!”

“Você ainda vai dar um soco na cara do Donald Trump?”, pergunta o apresentador, que logo em seguida avisa: “agora você pode ser preso se fizer isso, eu acho”. “Eu não posso mais dar um soco nele, ele é o presidente”, responde De Niro.

“Eu preciso respeitar essa posição. Mesmo que saibamos que ele…enfim”, continuou. “Nós precisamos ver o que ele irá fazer e como ele irá prosseguir com certas coisas. Até onde vimos, em várias cidades, muitas pessoas estão muito descontentes e protestando”, disse o ator sobre as manifestações iniciadas no país logo após o resultado das eleições. Veja:

Agora ficou difícil, De Niro!

Comentários

Topo