Menu Papel POP

Azealia Banks teria ameaçado Russell Crowe e convidados de morte antes de ser expulsa de jantar

A rapper Azealia Banks relatou em seu Twitter nesse sábado (15/10) que havia sido agredida física e verbalmente por Russel Crowe.

“Recapitulando minha noite, eu fui a uma festa na suíte de Russell Crowe (“Gladiador”), na qual ele me chamou de negra, me enforcou, me jogou para fora e cuspiu em mim”, dizia o tweet, que foi deletado.

*Azealia Banks revela que foi agredida por Russell Crowe

*Azealia Banks está sugerindo que Lady Gaga e Taylor Swift copiaram suas ideias

Mas de acordo com o TMZ, a história não foi bem assim. O site diz que o ator convidou cerca de dez pessoas para um jantar e o rapper RZA, do Wu Tang Clan, levou Azealia como acompanhante. Os dois se conheceram ao trabalharem juntos em “O Homem com Punhos de Ferro”; já Azealia foi contratada pela gravadora de RZA recentemente.

Segundo fontes teriam revelado, a confusão teve início quando a cantora de “The Big Beat” começou a rir das músicas que Russell colocou para tocar e chamou ele e outra pessoa do jantar de “homens brancos tediosos”.

Nesse momento, uma convidada os defendeu e a rapper os ameaçou de morte. “Vocês amariam se eu quebrasse meu copo, cortasse suas gargantas e o sangue jorrasse para todos os lados, bem no estilo Tarantino”, teria dito Azealia.

A testemunha conta que ela ficou chamando todos de “nigger” (“negro”, traduzindo literalmente – considerado um xingamento racista nos EUA), enquanto todos permaneciam calmos, até que ela pegou um copo para quebrar. Russell então a teria agarrado, levou para fora do quarto e chamou seguranças para a levarem embora.

No mínimo quatro testemunhas teriam sido ouvidas na investigação do caso e descreveram o comportamento de Azealia como “errático”. RZA também teria revelado que Russell não fez declarações racistas em nenhum momento.

Comentários

Topo