Menu Papel POP

Entrevista: Samantha Schmütz fala sobre não precisar de homem em “Tô Ryca”

Fui assistir o filme Tô Ryca, que estreia hoje (22/9), estrelado por Samantha Schmütz (que faz a Jéssica no “Vai que Cola”) e Katiuscia Canoro (famosa como a Lady Kate). A gente tem um pé atrás com as comédias brasileiras porque muitas delas são cheias de estereótipos e preconceitos, maaaaaaaaas como a esperança é a última que morre, fui assistir o Tô Ryca. Não é que eu gostei?

O filme não é perfeito, mas tem várias coisas que eu gostei de verdade. Por exemplo: é uma história de duas mulheres melhores amigas que são donas de suas vidas e não estão atrás de homem. Já é um ótimo começo. E dá pra dar boas risadas com as duas atrizes, que são engraçadíssimas.

Olha só a entrevista que fiz com a Samantha Schmütz depois de assistir ao filme:

A história é assim: elas estão numa pior de grana e uma delas, a Selminha (Samantha), ganha uma bolada de dinheiro, mas tem que vencer um desafio para ficar com a grana. Claro que a mulher pira na ostentação, e a amiga, Luane (Katiuscia), aparece para lembrar que dinheiro não é tudo nessa vida.

Outra coisa boa é que as duas não ficam mais legais só porque estão ricas. Elas continuam como sempre foram: autênticas, divertidas, debochadas e arrasando na dança do passinho. A riqueza, no final das contas, só deixa as duas mais cafonas.

A trilha sonora, aliás, também é boa e tem Queen e uma versão maravilhosa da música tema de “Uma Linda Mulher” com batida de funk. “Tô Ryca” já está em cartaz, olha só o trailer:

Comentários

Topo