Menu Papel POP

Primeira foto de Ezra Miller em “Animais Fantásticos” é divulgada junto com detalhes do personagem

A gente já sabia que o Ezra Miller (“As Vantagens de ser Invisível”) faz parte do elenco de “Animais Fantásticos de Onde Habitam”, longa que estreia em 18 de novembro deste ano. Mas até então, apesar de alguns trailers lançados, não tínhamos imagens de seu personagem.

A Entertainment Weekly teve piedade de nós e divulgou nesta quarta-feira (10) a primeira foto de Ezra caracterizado como o bruxo Credence Barebone, além de mais informações sobre seu personagem.

ezra miller 2

Credence, que aparece ao lado de Colin Farrell, é o filho do meio de Mary Lou Barebone (Samantha Morton), adotado pela mulher. Os dois estão em um beco repleto de pôsteres da New Salem Philanthropic Society (em tradução livre, Sociedade Filantrópica Nova Salém) – uma organização radical liderada pela mãe de Credence, que quer matar os bruxos e bruxas assim como nos famosos julgamentos das Bruxas de Salém. Credo, gente!

Ele “aparenta ser retraído, extramemente tímido e bem mais vulnerável do que suas duas irmãs. Credence é indefeso em frente ao abuso causado pela quebra, por mais que pequena, das regras de Mary Lou. Mas sua solidão também o faz suscetível à manipulação de Percival Graves (Colin Farrell), que tem interesse pessoal em Credence“. Segundo a EW, Graves é um poderoso auror e diretor de Segurança Mágica no governo bruxo americano.

Miller (o Flash da DC), disse à revista que não pode revelar mais detalhes de Barebone. “Tudo é nivel CIA. Se eu contar qualquer merda de meu personagem, eu juro que tem um atirador de elite ali no telhado que vai me matar. Falaram para mim só um pouquinho sobre o personagem [quando eu fiz a audição] e eu me joguei, falando como se eu realmente fosse essa pessoa sobre quem eu não conhecia nada. Mas foi engraçado – acabou sendo muito do que eu imaginava. Mas conseguir o papel foi um momento de absoluta felicidade e uma espécie de senso transcendente de plenitude. Eu estava fazendo um tipo de dança meio epiléptica nas ruas de Nova York, de joelhos, chorando, agradecendo aos céus, com as pessoas olhando para mim como se eu tivesse que ser internado“.

Um tanto sombrio esse personagem, não é?

Comentários

Topo