Menu Papel POP

“Pokémon GO”: criadores afirmam que irão lançar jogo no Brasil, mas seguem sem dar previsões

MAIS SOBRE:

A febre do game “Pokémon Go” está deixando as pessoas sem limites e os brasileiros, que ainda não receberam o jogo, estão desesperados.

Numa tentativa de chamar a atenção dos criadores do game, alguns brasileiros chegaram a hackear o perfil de Josh Hanke, presidente da Niantic, criadora do jogo, no Twitter. Isso sem falar nas diversas campanhas nas redes sociais.

O time de “Pokémon Go” está ouvindo os clamores dos brasileiros e escreveram um comunicado expressando o desejo de lançar o jogo no país. Entretanto, o game, ainda, segue sem previsão de ser lançado por aqui.

Confira o trecho do comunicado direcionado ao Brasil:

“Como muitos de vocês sabem, recentemente nós fizemos algumas mudanças em ‘Pokémon GO’. (…) nós limitamos o acesso de serviços terceirizados, o que estava interferindo na nossa habilidade em manter a qualidade do nosso serviço para os nossos usuários e levar ‘Pokémon GO’ para usuários no mundo inteiro. A grande quantidade de usuários fez o funcionamento de ‘Pokémon GO’ ao redor do mundo um… Interessante… Desafio. E nós não acabamos ainda! Sim, Brasil, nós queremos levar o jogo para vocês (e vários outros países onde ainda não está disponível).”

O comunicado fala ainda que a companhia está observando a frustração das pessoas nos lugares onde o game ainda não foi lançado e que a equipe está empenhada trabalhando para que “Pokémon GO” chegue ao mundo inteiro.

“Nós temos lidos os seus posts e os e-mails e nós ouvimos as frustrações das pessoas nos lugares em que não fizemos o lançamento ainda, e de todos vocês que sentem a falta do game. Nós queremos que vocês saibam que nós estamos trabalhando em horários loucos para manter o jogo funcionando enquanto o lançamos globalmente. Se vocês não têm visto a gente tuitando muito, é porque estamos com as nossas cabeças focadas trabalhando no jogo.”

Ou seja, nada novo sob o sol. Vai ter “Pokémon GO” no Brasil sim, mas continuamos sem saber quando. Dedos cruzados.

Comentários

Topo