Menu Papel POP

Normani, do 5H, desabafa com os fãs; será que é sobre boatos envolvendo Camila Cabello?

Então, gente… as especulações sobre a Camila Cabello ter se distanciado do resto das meninas do Fifth Harmony não são de hoje e os fãs sabem — aliás, a galera que foi ao show das meninas em São Paulo falou com o Papelpop sobre isso. Nessa semana mesmo um pessoal levantou o boato de que recentes cancelamentos de shows aconteceram por causa dela.

Para somar mais à possível treta, na última segunda-feira (1), a Normani participou de uma entrevista na qual precisava descrever cada uma das colegas da girlband. Ela falou horrores sobre Lauren, Ally e Dinah, mas quando chegou na Camila, Normani hesitou, pensou bastante e teve dificuldades em descrevê-la. Olha só no vídeo abaixo:

Camila… ela é, vamos ver… Camila… muito peculiar. Fofa, peculiar“. São de fato pouquíssimas palavras se comparadas às anteriores, não é?

E aí na noite de quinta (4), Normani resolveu ir ao Twitter desabafar — ela não especificou bem sobre o que, mas a gente acha que são sobre esses boatos de que ela e as outras meninas não estão se dando bem com a Camila.

Segura a tradução!

“Eu gostaria de falar sobre um assunto que tomou proporções enormes. É uma pena que após quatro anos juntas como um grupo eu tenha que falar sobre besteiras fabricadas por pessoas que não fazem a menor ideia do que está acontecendo. Não mostrei nada além de comprometimento com o sucesso do Fifth Harmony, até promovendo [o grupo] em meus dias de folga, mas ainda assim sou alvo de ódio injusto e calúnia. Isso não é certo. Dou 110% de mim dentro de fora dos palcos porque sou verdadeira comigo mesma e com a arte. Nós aprendemos na vida que espíritos maus existem e que pessoas nem sempre te tratam de maneira justa, mas você continua a amar assim mesmo. Eu tenho amor e respeito por todas as minhas quatro colegas, acredite ou não. Minha consciência e espírito estão tranquilos. A vocês que gostam de especular e criar dramas inexistentes, por favor lembrem-se de que eu e as outras meninas do grupo somos PESSOAS, nós nos machucamos e nos sentimos tristes como todo mundo. As suas percepções de mim não equivalem ao que sou ou ao que Deus e minha família me ensinaram, então apesar daqueles que plantam falsas sementes tentando me diminuir, isso não vai funcionar. A coisa mais esperta que vocês podem fazer é reconhecer que fazer suposições e julgar os outros é errado. Estou aqui para oferecer ótima música e performance com as minhas garotas. Essa é a nossa história, então nos deixe escrevê-la da nossa forma, em vez de vocês tentarem escrever por nós. Eu dei muito de mim a vocês por escolha própria. Eu escolhi deixar VOCÊS PARTICIPAREM. Vi muitas coisas ao longo desses quatro anos que poderiam ter me mudado como pessoa, mas continuo a sorrir durante isso. Eu sou a dona do meu coração e vocês todos não precisam me entender, mas podem me respeitar enquanto tentam.”

Podemos ser sinceros? Que tensão!

Comentários

Topo